0

Sem empolgação, jornais do México destacam vice de Chivas

19 ago 2010
09h55

Os jornais mexicanos deram relativo destaque - ainda que de forma sóbria - para a derrota do Chivas Guadalajara para o Internacional nas finais da Libertadores da América. Os clubes do México não integram a Conmebol, mas a imprensa do país fez questão de dar tratamento importante à decisão.

Em Guadalajara, o principal destaque foi dado pelo jornal Informador : "Chivas fica na margem", destaca o periódico, em uma metáfora semelhante ao "bateu na trave". "Apesar de fazer uma grande partida, o Rebanho Sagrado (apelido do time) perde o jogo de volta por 3 a 2 e encerra o sonho da Libertadores", lembra, no tom sem furor dos veículos do país.

A publicação ainda destacou as atuações dos jogadores do Chivas Guadalajara. Além disso, repercutiu as declarações pós-jogo de Omar Bravo e do técnico José Luis Real - que disse que a equipe "voltou a se equivocar".

Na mesma cidade, o Periódico Siglo dá menor atenção ao feito colorado e à derrota mexicana. Em erro "interpretativo", o jornal destaca que "Porto Alegre se transforma em campeão da Libertadores", fazendo referência ao "Internacional de Porto Alegre". Curiosamente, há espaço também para a "luta contra a balança" do atacante Ronaldo, do Corinthians.

O suplemento La Afición , caderno esportivo do jornal Milenio , enviou um representante a Porto Alegre para acompanhar o Chivas. Em sua manchete, o jornal aponta a diferença entre os dois times na final de maneira breve: "nem perto". Depois, com uma foto de Bautista cabisbaixo em meio à comemoração vermelha, o texto descreve o cenário pouco favorável aos mexicanos na decisão.

"Quando seu jogador mais importante aparece em campo de muletas e o presidente da equipe rival ajuda Nicolás Leóz, presidente da Conmebol, a subir escadas, não pode ser sinal de bom agouro. Mas o Chivas desta Taça Libertadores não queria acreditar nisso", relata o jornal, que também destaca o Beira-Rio, "um estádio repleto de 55 mil sócios do Internacional, que cantaram e pularam desde 180 minutos antes do começo do encontro".

No México, jornal destaca final da Libertadores: Chivas "bateu na trave"
No México, jornal destaca final da Libertadores: Chivas "bateu na trave"
Foto: Informador.com.mx / Reprodução
Terra

compartilhe

publicidade
publicidade