0

Universidad de Chile viaja para Argentina confiante, mas com dúvidas

12 jun 2012
20h29
atualizado às 22h00

O Universidad do Chile viajou nesta terça-feira para Buenos Aires mostrando otimismo em conquistar na próxima quinta-feira um bom resultado diante do Boca Juniors, em La Bombonera, no primeiro jogo entre os dois times pela semifinal da Taça Libertadores.

» Veja opções de jogadores para o seu time repatriar no Brasileiro

"Vamos atacar, fazer nosso jogo, e veremos quem é o mais forte no campo", disse o atacante Ángelo Henríquez, que pode ser negociado em breve com o Manchester United.

O técnico Jorge Sampaoli está esperançoso na recuperação dos dois titulares que são dúvida: o zagueiro e lateral José Rojas, capitão da equipe, e o meia argentino Gustavo Lorenzetti.

Rojas sofreu uma lesão muscular na coxa no último sábado em Puerto La Cruz, durante a partida em que a seleção do Chile venceu a Venezuela por 2 a 0, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014. Lorenzetti, por sua vez, sente dores lombares.

Caso Rojas não possa jogar, em seu lugar entrará o jovem Igor Lichnovsy, das categorias e base do Universidad. Já Lorenzetti poderá dar lugar a Guillermo Marino ou Emilio Hernández.

Nesse contexto, a Universidad de Chile pode começar a partida em La Bombonera com: Johnny Herrera; Osvaldo González, Albert Acevedo e José Rojas; Matías Rodríguez, Charles Aránguiz, Marcelo Díaz, Gustavo Lorenzetti e Eugenio Mena; Ángelo Henríquez e Júnior Fernandes.

Na segunda-feira, o Universidad bateu o Cobreloa por 2 a 1 e se classificou às semifinais do Torneio Apertura do Campeonato Chileno, em que enfrentará o Colo Colo em jogos de ida e volta.

Atacante Ángelo Henríquez afirmou que Universidad de Chile atacará o Boca Juniors em La Bombonera
Atacante Ángelo Henríquez afirmou que Universidad de Chile atacará o Boca Juniors em La Bombonera
Foto: AFP
EFE   
publicidade