1 evento ao vivo

Internacional

Faltou ritmo ao Inter com um a mais? Presidente diz que sim

Gustavo Granata / EFE
16 jul 2015
07h54
atualizado às 09h33
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente do Internacional, Vitório Piffero, admitiu na noite desta quarta-feira, após a vitória por 2 a 1 contra o Tigres, que faltou ritmo para a equipe colorada na primeira partida pela semifinal da Libertadores. Apesar do bom resultado, o time colorado falhou em aproveitar a vantagem numérica em campo com a expulsão de Hugo Ayala e viajar para o México em situação mais confortável.

“Pode ter faltado ritmo, mas só ficaram jogadores à disposição agora. O Sasha jogou um pouco no último jogo, não deu para o Juan jogar, e, na próxima semana, estaremos melhor, com mais ritmo e com todo o plantel.... acho que eu concordo que faltou um pouco de ritmo, mas, na minha avaliação, foi porque tivemos muitas as lesões nesse período”, afirmou o presidente.

Vitório Píffero admitiu que faltou ritmo para o Inter abrir maior vantagem sobre Tigres
Vitório Píffero admitiu que faltou ritmo para o Inter abrir maior vantagem sobre Tigres
Foto: Rafael Cabeleira / Divulgação

Já o auxiliar técnico Enrique Carrera, que atuou na beira do campo no lugar de Diego Aguirre, suspenso por três jogos, afirmou que se conforta com a atuação nos 15 primeiros minutos do jogo, quando o Internacional conseguiu marcar dois gols em cima do Tigres. Para ele, esta é a prova de que o time pode ter as mesmas atuações que demonstrou contra o Atlético-MG e Santa Fé, da Colômbia, em fases passadas da competição.

“Precisamos de um tempo para recuperar essa memória de jogo da Libertadores para o reinicio da Copa... esses 10, 15 minutos tranquilizam sobre o que pode acontecer no México”, afirmou Carrera.

Com o resultado, o Internacional pode se classificar à final com qualquer empate no jogo de volta, na próxima quarta-feira, no México.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade