Fale conosco

 Notícias por e-mail
Brasil
Quinta, 14 de julho de 2005, 23h56  Atualizada às 11h15
Autuori mostra serenidade com o título
 
Reinaldo Marques/Redação Terra
Autuori comemora com Cicinho um dos gols da vitória do São Paulo
Autuori comemora com Cicinho um dos gols da vitória do São Paulo
Saiba mais
» Baixe o pôster do São Paulo campeão
» Todos os resultados
» Os artilheiros
» São Paulo 4 x 0 Atlético-PR
» Comemoração na Paulista termina em violência
» Rogério se emociona com título do time do coração
» Melhor em campo, Amoroso comemora retorno
Galeria de fotos
» Avenida Paulista sofre com vandalismo
» As fotos da partida
» Torcedores fazem a festa no Morumbi
» Jogadores comemoram o tricampeonato
Multimídia
Áudio e vídeo
» Veja como foi a festa são-paulina pelo tricampeonato
» Autuori divide título com antecessores
» Luizão despede-se do São Paulo em grande estilo
» Presidente do São Paulo vai tentar segurar estrelas
» Grafite quer disputar o Mundial Interclubes
» Torcedores reclamam da falta de ingresso
» Veja a tristeza dos atleticanos na Arena da Baixada
» Atleticanos não esperavam derrota tão elástica
» Meta do Atlético-PR é recuperação no Brasileiro
» Torcedores do São Paulo deixam rastro de violência na Avenida Paulista
Fórum
» Envie uma mensagem para os campeões da Libertadores
Sites relacionados
No terra
» Mande um cartão para os seus amigos
» Veja animação dos gols de São Paulo 4 x 0 Atlético-PR
Enquete
Quem foi o melhor em campo na final?
Amoroso
Cicinho
Lugano
Josué

 Últimas de Brasil
» Brasil perde vaga direta na Copa Libertadores
» Finazzi pode estrear no clássico contra o Paraná
» Luizão "ganha" gol na Libertadores após cinco anos
» Lula critica são-paulinos por cenas de vandalismo
Bicampeão da Libertadores - venceu a competição em 1997 dirigindo o Cruzeiro - o técnico Paulo Autuori mostrou serenidade após a conquista do título deste ano.

Vídeo: Autuori divide título com antecessores
Confira mais vídeos da final
Baixe o pôster do campeão
Mande uma mensagem para os campeões
Veja animação dos gols
Confira fotos da partida
As fotos da torcida
As fotos da comemoração

"O técnico precisa manter a postura. Se a gente perdesse, minha postura seria a mesma", afirmou.

Autuori assumiu o clube no meio da competição, no lugar de Emerson leão, que foi para o Japão.

Ainda dentro do gramado, o treinador dedicou o título a sua família e aos jogadores do São Paulo. "O mérito é dos atletas por essa conquista", resumiu.

O São Paulo terá pouco tempo para comemorar o título da Libertadores. O time volta aos treinamentos nesta sexta-feira, às 15h30, no centro de treinamento do time.

Autuori fez questão de lembrar do trabalho pelo título dos que não estavam em campo hoje. "Quero enaltecer o trabalho do Cuca e do Leão. E não sei se chegaríamos aqui se não tivéssemos poupados jogadores no Brasileiro. E os que jogaram tiveram que segurar uma onda, já que nunca tinham jogados juntos, e tudo isso precisa ser lembrado".

Para o treinador, a prioridade agora é a recuperação no Brasileiro. "Não vamos com titulares contra o Santos, para que o time se recupere para os próximos jogos. Quanto ao resto do ano, temos a Copa Sul-Americana e o Mundial de Clubes da Fifa. Vamos sentar com a diretoria e traçar prioridades".

O técnico só perdeu a calma quando foi indagado sobre o fato de ter pegado um time já pronto. "Entrei em um clube em 1995 sem equipe e montei um time que foi campeão. Aqui o mérito foi manter um esquema com três zagueiros, mesmo não sendo o meu preferido. Mas tive que entender que era necessário priorizar a necessidade".
 

Redação Terra