Fale conosco

 Notícias por e-mail
Brasil
Sexta, 15 de julho de 2005, 00h15  Atualizada às 02h19
Júnior: "É um momento único. Não tem descrição"
 
EFE
Júnior disputa a bola com Jancarlos na decisão da Copa Libertadores
Júnior disputa a bola com Jancarlos na decisão da Copa Libertadores
Saiba mais
» Baixe o pôster do São Paulo campeão
» Todos os resultados
» Os artilheiros
» São Paulo 4 x 0 Atlético-PR
» Comemoração na Paulista termina em violência
» Rogério se emociona com título do time do coração
» Melhor em campo, Amoroso comemora retorno
Galeria de fotos
» Avenida Paulista sofre com vandalismo
» As fotos da partida
» Torcedores fazem a festa no Morumbi
» Jogadores comemoram o tricampeonato
Multimídia
Áudio e vídeo
» Veja como foi a festa são-paulina pelo tricampeonato
» Autuori divide título com antecessores
» Luizão despede-se do São Paulo em grande estilo
» Presidente do São Paulo vai tentar segurar estrelas
» Grafite quer disputar o Mundial Interclubes
» Torcedores reclamam da falta de ingresso
» Veja a tristeza dos atleticanos na Arena da Baixada
» Atleticanos não esperavam derrota tão elástica
» Meta do Atlético-PR é recuperação no Brasileiro
» Torcedores do São Paulo deixam rastro de violência na Avenida Paulista
Fórum
» Envie uma mensagem para os campeões da Libertadores
Sites relacionados
No terra
» Mande um cartão para os seus amigos
» Veja animação dos gols de São Paulo 4 x 0 Atlético-PR
Enquete
Quem foi o melhor em campo na final?
Amoroso
Cicinho
Lugano
Josué

 Últimas de Brasil
» Brasil perde vaga direta na Copa Libertadores
» Finazzi pode estrear no clássico contra o Paraná
» Luizão "ganha" gol na Libertadores após cinco anos
» Lula critica são-paulinos por cenas de vandalismo
O São Paulo sagrou-se o primeiro tricampeão brasileiro da Libertadores com um convincente 4 a 0 em cima do Atlético-PR, nesta quinta-feira, no Morumbi.

Baixe o pôster do campeão
Mande uma mensagem para os campeões
Confira fotos da partida
As fotos da torcida
As fotos da comemoração
São Paulo goleia e conquista o tri
Rogério Ceni se emociona com título
Comemoração termina com violência

Os gols de Amoroso, Luizão, Fabão e Diego Tardelli, deram à equipe são-paulina o direito de disputar o segundo Mundial de clubes da Fifa, no Japão.

Ainda em campo, a opinião dos jogadores eram variadas. Júnior, bicampeão da competição, ressaltou as adversidades superadas de quando chegou à equipe, quando se desentendeu com o ex-técnico Émerson Leão.

"É um momento único. Não tem descrição. Dei a volta por cima, superei as adversidades encontradas aqui quando cheguei, mas o importante é que esse título vai para todos nós e para toda a torcida são-paulina", disse o lateral.

Já o atacante Grafite, que se machucou no primeiro jogo das quartas-de-final contra o Tigres (México) e assistiu a partida das cadeiras, comemorou com os companheiros dentro de campo e prezou pela união do grupo e de todos que trabalham no clube.

"Todo mundo me deu o maior apoio e tenho que agradecer a todos. A todos mesmo, desde aqueles que saíram da equipe até aqueles que trabalham dentro do clube".


 

Lancepress!