Fale conosco

 Notícias por e-mail
Brasil
Sexta, 15 de julho de 2005, 08h33  Atualizada às 10h35
Conquista coroa a carreira de Rogério Ceni
 
Rafael Prada
 
Reuters
Rogério Ceni ergueu a taça da Libertadores
Rogério Ceni ergueu a taça da Libertadores
Saiba mais
» Baixe o pôster do São Paulo campeão
» Todos os resultados
» Os artilheiros
» São Paulo 4 x 0 Atlético-PR
» Comemoração na Paulista termina em violência
» Rogério se emociona com título do time do coração
» Melhor em campo, Amoroso comemora retorno
Galeria de fotos
» Avenida Paulista sofre com vandalismo
» As fotos da partida
» Torcedores fazem a festa no Morumbi
» Jogadores comemoram o tricampeonato
Multimídia
Áudio e vídeo
» Veja como foi a festa são-paulina pelo tricampeonato
» Autuori divide título com antecessores
» Luizão despede-se do São Paulo em grande estilo
» Presidente do São Paulo vai tentar segurar estrelas
» Grafite quer disputar o Mundial Interclubes
» Torcedores reclamam da falta de ingresso
» Veja a tristeza dos atleticanos na Arena da Baixada
» Atleticanos não esperavam derrota tão elástica
» Meta do Atlético-PR é recuperação no Brasileiro
» Torcedores do São Paulo deixam rastro de violência na Avenida Paulista
Fórum
» Envie uma mensagem para os campeões da Libertadores
Sites relacionados
No terra
» Mande um cartão para os seus amigos
» Veja animação dos gols de São Paulo 4 x 0 Atlético-PR
Enquete
Quem foi o melhor em campo na final?
Amoroso
Cicinho
Lugano
Josué

 Últimas de Brasil
» Brasil perde vaga direta na Copa Libertadores
» Finazzi pode estrear no clássico contra o Paraná
» Luizão "ganha" gol na Libertadores após cinco anos
» Lula critica são-paulinos por cenas de vandalismo
Nenhum jogador estava mais radiante do que o goleiro Rogério Ceni após a conquista do tricampeonato da Copa Libertadores pelo São Paulo. Capitão do time e ídolo maior da torcida tricolor, o jogador reconheceu que o título coroou sua carreira.

Vídeo: veja como foi a festa do São Paulo
Confira mais vídeos da final
Baixe o pôster do campeão
Mande uma mensagem para os campeões
Veja animação dos gols
Confira fotos da partida
As fotos da torcida
As fotos da comemoração

"Essa vitória e esse título vieram para coroar minha carreira aqui no São Paulo. Se não ganhasse, poderia encerrar minha carreira, tamanha a frustração que sofreria", disse Ceni, que na conquistas de 1992 e 1993 era reserva de Zetti.

De acordo com o goleiro tricolor, que já conquistou três paulistas, um torneio Conmebol e uma Taça Rio-São Paulo pelo clube, esse foi o título mais importante da sua vida. Na reserva, ele foi ainda pentacampeão com o Brasil no Mundial de 2002.

"Eu precisava dessa conquista para retribuir todo o carinho que tive aqui no São Paulo, por tudo que o clube representa para mim acabou sendo mais especial para mim. É o momento mais importante e mais feliz da minha carreira", explicou.

Ainda em êxtase pela conquista, Ceni destacou o apoio da massa são-paulina que lotou o estádio do Morumbi na final de quarta-feira.

"Esse título vai para essa torcida maravilhosa que lotou o Morumbi e apoiou o tempo todo", afirmou Ceni, lembrando que, em 2005, ganhou tudo que disputou.

"Este tem sido um ano importante. Fui campeão Paulista e da Libertadores, tem sido uma ótima jornada. Mas com mais títulos, a cobrança fica maior", contou.

Articulado e homem de família, Ceni brinca com o fato de suas filhas (as gêmeas Beatriz e Clara) não terem visto o pai perder títulos este ano.

"Elas ainda não viram o pai perder campeonato este ano, o que é bom", brincou o tricampeão.
 

Redação Terra