Boletim

 Fale conosco
Paulista
Sexta, 27 de janeiro de 2006, 13h22 
Justiça mantém decisão favorável a Jonas, ex-Guarani
 
 Últimas de Paulista
» Procurador de Finazzi cobra posição da Ponte Preta
» Rodrigo pode acertar hoje com o Corinthians
» Marcinho exige mais ação do Palmeiras
» Justiça mantém decisão favorável a Jonas, ex-Guarani
Busca
Busque outras notícias no Terra:
A juíza Ana Flávia de Moraes Garcia Cuesta, da 7ª Vara do Trabalho de Campinas, manteve a decisão de liberar Jonas, ex-Guarani, para atuar por qualquer clube. O atacante vem atuando pelo Santos e, no último domingo, contra o Marília, marcou um dos gols na vitória por 3 a 2.

O Guarani alega que o contrato do atacante foi inscrito de forma correta na CBF até o fim de 2008. Mas a advogada do jogador, Carolina Zullo, alega que a assinatura que está no contrato não condiz com a de Jonas.

Com tantas dúvidas, a juíza acabou pedindo um exame grafotécnico ao perito Mariano Fleming Câmara Neto e, assim que estiver com o resultado em mãos, poderá dar um novo desfecho ao caso.

"Ainda não tem nada definido. Quando o perito der o laudo vamos nos reunir em uma audiência, mas estamos tranqüilos quanto a isto", afirmou a advogada de Jonas.

E na audiência de quinta-feira o técnico Luiz Carlos Ferreira, que seria uma das testemunhas e não precisou ser ouvido, acabou se irritando e chamou o irmão de Jonas, Thiago Oliveira, de mentiroso conforme imagens da TV Bandeirantes.


 

Lancepress!