Libertadores 2007

Libertadores 2007

Quarta, 6 de junho de 2007, 23h43  Atualizada às 09h04

Grêmio perde para o Santos, mas decide Libertadores

Reuters

Diego Souza comemora gol que garantiu o Grêmio na decisão
Enquete

Quem o Grêmio vai enfrentar na final da Libertadores?

Boca Juniors
Cúcuta Deportivo

Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:

O Grêmio está na final da Copa Libertadores da América. Nesta quarta-feira, o time gaúcho perdeu para o Santos por 3 a 1, na Vila Belmiro, no litoral de São Paulo, mas garantiu sua classificação à decisão do torneio continental, já que venceu o jogo de ida das semifinais por 2 a 0, no Olímpico, em Porto Alegre.

» Santista aponta abuso
» Luxemburgo faz crÍtica
» Veja fotos da partida

» Confira a tabela
» Veja os artilheiros

» Comente o resultado
» Veja as últimas do Grêmio
» Veja as últimas do Santos

Com a classificação, o Grêmio põe o Rio Grande do Sul na final da Libertadores pela segunda vez consecutiva. No ano passado, o Inter decidiu o título com o São Paulo e foi campeão continental.

O time gaúcho, aliás, busca seu tricampeonato da Libertadores. Campeão em 1983 e 1995, o Grêmio pode igualar o São Paulo, atual recordista brasileiro, em número de conquistas sul-americanas.

O Grêmio vai enfrentar o vencedor do duelo entre Boca Juniors e Cúcuta Deportivo na final da Libertadores. No jogo de ida, o time colombiano levou a melhor sobre os argentinos por 3 a 1, em casa.

Nesta quinta, Boca e Cúcuta fazem o segundo jogo das semifinais, na Argentina. O time da casa precisa vencer por 2 a 0 ou por três gols de diferença para ir à final. Já o Cúcuta pode até perder por 1 a 0 que avança.

No duelo desta quarta-feira, Luxemburgo decidiu ousar na formação do Santos, escalando os rápidos Renatinho e Pedrinho na equipe titular. Machucado, o volante Maldonado ficou fora do jogo.

Sem Amoroso, suspenso pela Conmebol, e Tuta, machucado, o técnico Mano Menezes, do Grêmio, apostou suas fichas na escalação do jovem Douglas para formar dupla de ataque com Carlos Eduardo.

Contando com o apoio da torcida, o Santos se lançou ao ataque diante de um Grêmio bem postado em seu campo de defesa. O time alvinegro, porém, não conseguia finalizar suas jogadas de ataque.

Precisando reverter a derrota do jogo de ida, por 2 a 0, o Santos viu sua situação complicar ainda mais aos 23min, quando Diego Souza recebeu na entrada da área, bateu no ângulo esquerdo de Fábio Costa e marcou um golaço.

Com o gol marcado, o Grêmio ficou com a vantagem de poder ser derrotado até por dois gols de diferença para avançar à final. Já o Santos sentiu o tento de Diego Souza e passou a errar demais na partida.

O time alvinegro conseguiu empatar a partida aos 41min, mas o tento foi anulado. Zé Roberto bateu falta na área e a zaga do Grêmio mandou contra o próprio gol, mas a arbitragem marcou impedimento de Domingos, que participava do lance.

Aos 45min da primeira etapa, a pressão do Santos deu resultado. Zé Roberto cruzou na área, Marcos Aurélio dividiu com o zagueiro do time gaúcho e a bola sobrou para Renatinho, que chutou de primeira para o gol.

O Santos pressionou ainda mais a equipe do Grêmio na etapa final. Enquanto o time paulista se concentrava no campo de ataque, a equipe gaúcha se limitava a marcar e apostar nos contra-ataques.

De tanto insistir, o Santos virou o placar aos 15min. Marcos Aurélio recebeu a bola na área e cruzou para o meio. A zaga do Grêmio cortou mal e Saja ainda tentou defender, mas Renatinho completou para o fundo das redes.

O Santos conseguiu chegar ao terceiro gol no jogo e inflamar sua torcida aos 31min. Após batida de falta para a área do Grêmio, a defesa gaúcha afastou mal e Jonas deixou para Zé Roberto. O meia acertou um belo chute e marcou.

A pressão santista seguiu após o gol, mas os comandados de Vanderlei Luxemburgo não conseguiram aumentar o número de tentos no placar. Já o Grêmio mostrou tranqüilidade nos dez minutos finais para assegurar sua vaga na decisão.

Ficha Técnica
Santos 3 x 1 Grêmio
Equipes
Fábio Costa
Alessandro
(Rodrigo Tabata)
Adaílton
Domingos
Kléber
Rodrigo Souto
Cléber Santana
Pedrinho
(Moraes)
Zé Roberto
Marcos Aurélio
Renatinho
(Jonas)

Técnico:
Vanderlei Luxemburgo
Saja
Patrício
William
Teco
Lúcio
Sandro Goiano
Gavilán
Diego Souza
Tcheco
(Edmilson)
Carlos Eduardo
(Ramon)
Douglas
(Lucas)

Técnico:
Mano Menezes
Gols
45min - 1° tempo
Renatinho
15min - 2° tempo
Renatinho
31min - 2° tempo
Zé Roberto
23min - 1° tempo
Diego Souza
Cartões amarelos
Marcos Aurélio
Cléber Santana
Sandro Goiano
Saja
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Carlos Torres (PAR)

Redação Terra