Libertadores 2007

Libertadores 2007

Quinta, 21 de junho de 2007, 15h12 

Mano Menezes dispara contra arbitragem

Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:

O técnico do Grêmio, Mano Menezes, criticou a arbitragem dos dois jogos da final da Copa Libertadores contra o Boca Juniors. Para o treinador, o time gaúcho acabou prejudicado substancialmente no primeiro jogo e, no confronto de volta, o rival abusou da "cera" com a complacência do árbitro.

» Veja as últimas do Grêmio

"Não gosto muito de falar, mas a arbitragem (das finais) foi muito bem escolhida. Um operou e o outro administrou", ironizou Mano Menezes, em entrevista ao SporTv, lembrando-se respectivamente do primeiro jogo da decisão, apitado pelo uruguaio Jorge Larrionda, e o segundo, comandado pelo colombiano Óscar Ruiz.

Menezes, no entanto, reiterou que as falhas da arbitragem não foram o principal fator que culminaram na derrota gremista na decisão (3 a 0, em La Bombonera, e 2 a 0, no Olímpico).

"Não estou dizendo que o Grêmio jogou mais que o Boca, mas estes são detalhes colaboram para que equipes joguem mais ou menos", explicou.

Redação Terra