Libertadores 2008

› Esportes › Futebol › Libertadores 2008

Libertadores 2008

Quinta, 3 de julho de 2008, 01h12 Atualizada às 02h20

Campeão, técnico da LDU quebra escrita contra brasileiros

Mesmo após o susto sofrido na noite desta quarta-feira no Maracanã, ao ver sua equipe perder para o Fluminense por 3 a 1 no tempo normal, mas devolver o placar na disputa por pênaltis, o técnico argentino Edgardo Bauza, da LDU, enfim conseguiu comemorar um título de Libertadores da América e encerrou o incômodo jejum de não vencer equipes brasileiras.

» Veja fotos da festa da LDU
» Veja fotos de Flu x LDU
» LDU vence Flu nos pênaltis e leva Libertadores
» Vice, Flu amarga jejum internacional
» Comente o vice-campeonato do Fluminense

Em 1998, quando comandava o argentino Rosario Central, Bauza fracassou diante do Santos na final da extinta Copa Conmebol. Na ocasião, o clube paulista venceu por 1 a 0 na Vila Belmiro e segurou um empate sem gols na volta, fora de casa.

Outro time brasileiro a atravessar o caminho do treinador foi o Vasco, dois anos depois da primeira derrota. Novamente dirigindo o Rosario, Bauza foi eliminado pelos cariocas nas quartas-de-final da Copa Mercosul.

Na ida, os vascaínos venceram por 1 a 0 em São Januário, enquanto os argentinos devolveram o placar na volta, mas caíram nos pênaltis após 5 a 4 para os brasileiros.

No entanto, Bauza acumula um sucesso contra o Brasil, justamente em jogo de Copa do Mundo. Ainda como jogador, o então zagueiro da seleção argentina não entrou em campo, mas viu seu time passar pela equipe verde e amarela em Turim, nas oitavas-de-final do Mundial de 1990, com o placar de 1 a 0.

Como jogador, Bauza fez história no Rosario Central e ficou marcado por marcar muitos gols, mesmo jogando na defesa. Em 310 partidas na primeira divisão do Campeonato Argentino, o atual treinador da LDU marcou 30 gols.

Já entre os momentos vitoriosos da sua carreira de treinador, o destaque é a conquista do Campeonato Equatoriano de 2007 com a LDU, antes da noite que viveu nesta noite no gramado do Maracanã. Outra conquista importante foi o torneio Apertura do Campeonato Peruano de 2004, quando comandava o Sporting Cristal.

Por outro lado, Bauza também colecionou fracassos em sua terra natal, principalmente quando comandou o Vélez Sarsfield em 2002. Na ocasião, o treinador resolveu pedir demissão devido aos protestos da torcida.

EFE

Reuters
Capitão Urrutia levanta taça inédita da conquista da LDU dentro do Maracanã
Capitão Urrutia levanta taça inédita da conquista da LDU dentro do Maracanã

Enquete

  • Quem foi o destaque da final?
  • Cevallos
  • Guerrón
  • Bolaños
  • Bieler
  • Thiago Neves
  • Busque outras notícias no Terra