Libertadores 2008

› Esportes › Futebol › Libertadores 2008

Libertadores 2008

Quinta, 3 de julho de 2008, 07h19 Atualizada às 08h05

Presidente do Fluminense faz críticas ao juiz da partida

Além da decepção pela derrota, o Fluminense reclamou da arbitragem do argentino Hector Baldassi. Muito abalado dentro de campo, minutos após o fim do jogo, o presidente Roberto Horcades desferiu sua ira com palavras ofensivas e ameaçadoras ao juiz.

» Leia mais notícias do jornal O Dia
» Veja fotos da festa da LDU
» Veja fotos de Flu x LDU
» Assista ao vídeo em que Renato Gaúcho detona arbitragem de Baldassi
» Comente o vice-campeonato do Fluminense

"Sou membro do Comitê da Fifa. Ou me tiram de lá ou esse moleque não apita mais. O Fluminense não tem por hábito reclamar de árbitros, mas não dá para ficar quieto com um safado, um moleque desses".

Entre os jogadores, o tom era mais racional, mas não menos inconformado. "A diferença era grande, mas dava para tirar e mostramos isso dentro do campo. Só que o pênalti não marcado acabou com a gente", afirmou o zagueiro Thiago Silva, esquecendo-se do gol erradamente anulado dos equatorianos, na prorrogação.

No ano passado, Baldassi havia sido muito criticado por sua atuação na partida que eliminou o Flamengo diante do Defensor, no Maracanã. Ele também prejudicou o Santos na edição deste ano.

O Dia

Busque outras notícias no Terra