Libertadores 2008

› Esportes › Futebol › Libertadores 2008

Libertadores 2008

Quinta, 3 de julho de 2008, 22h18 Atualizada às 23h16

Equatorianos invadem base aérea para receber LDU

Campeões da Copa Libertadores, os jogadores da LDU tiveram uma recepção bastante calorosa, nesta quinta-feira, em Quito. Uma multidão compareceu à base da Força Aérea Equatoriana para festejar o título sul-americano com os atletas e o técnico argentino Edgardo Bauza.

» Fotos da festa da LDU em Quito
» Fotos da festa da LDU no Rio
» Flu lidera seleção do torneio
» LDU leva título da Libertadores
» Comente o vice do Fluminense

O atraso do avião que transportava a delegação do Rio de Janeiro à capital do Equador chegou a desanimar os fãs, mas eles explodiram quando a porta da aeronave foi aberta. Assim que o treinador e o capitão Patricio Urrutia apareceram com a taça, os cordões de isolamento foram rompidos, e a torcida se juntou aos atletas.

"Isso mostra como o Equador cresceu futebolisticamente. É um triunfo do Equador, não da Liga de Quito", disse o atacante Agustín Delgado, rodeado por torcedores. Já o atacante Luis Bolaños foi contido nas celebrações, uma vez que estava com sua filha no colo. "Estamos muito contentes", resumiu.

A festa pela vitória sobre o Fluminense na decisão não ficou restrita à base da Força Aérea Equatoriana. Os heróis da conquista desfilaram pela cidade de Quito e foram saudados por torcedores, ao que retribuíam exibindo o troféu conquistado na última quarta-feira, no Maracanã.

Depois de fazer 4 a 2 no time carioca, em Quito, a LDU foi ao Rio de Janeiro e perdeu por 3 a 2, mas levou a melhor na disputa por pênaltis. A celebração do título terá seqüência neste final de semana. Antes da partida contra o Emelec, pelo Campeonato Equatoriano, os campeões darão uma volta olímpica no Estádio Casa Blanca.

Redação Terra

Reuters
Capitão Urrutia exibe aos torcedores<BR>o troféu conquistado no Rio de Janeiro
Capitão Urrutia exibe aos torcedores
o troféu conquistado no Rio de Janeiro

Busque outras notícias no Terra