2 eventos ao vivo

Marcelo Bielsa pede demissão e deixa comando do Chile

4 nov 2010
14h26
atualizado às 14h54

O argentino Marcelo Bielsa não é mais técnico do Chile. Mesmo tendo renovado contrato com a Federação Chilena de Futebol após a Copa do Mundo da África do Sul, o treinador resolveu se demitir após as últimas eleições na entidade, realizadas na noite desta quarta-feira.

Bielsa já havia colocado esta condição caso o presidente Mayne-Nicholls fosse derrotado nas urnas pelo opositor Jorge Segovia, presidente do clube Unión Española e amigo do presidente do Chile, Sebastián Piñera. Não há condições para que siga trabalhando com o senhor Segovia", disse.

Segundo o diário chileno La Tercera, Segovia venceu a eleição com 28 votos contra 22 de Nicholls. Torcedores se reuniram em frente ao prédio da Federação Chilena de Futebol, em Santiago, para protestar a favor de Nicholls e Bielsa.

Com a saída do técnico que comandou o Chile na Copa do Mundo da África do Sul, a Federação começa a buscar o seu substituto. O preferido é Carlos Borghi, atual técnico do Boca Juniors, e que teve passagem vitoriosa no Colo Colo.

Já Bielsa poderia fazer o caminho inverso ao de Borghi e assumir o comando do clube argentino.

Treinador argentino comandou chilenos na Copa do Mundo
Treinador argentino comandou chilenos na Copa do Mundo
Foto: Getty Images
Fonte: Lancepress!
publicidade