publicidade
26 de novembro de 2012 • 08h10 • atualizado às 11h32

Mascote da Copa-2014 ganha o nome "Fuleco"

Boneco da mascote da Copa do Mundo de 2014 é exposto na Esplanada dos Ministérios em Brasília. A mascote oficial da Copa do Mundo de 2014 no Brasil vai se chamar "Fuleco", uma palavra que os organizadores afirmam transmitir uma mensagem de consciência ambiental. 24/09/2012
Foto: Ueslei Marcelino / Reuters
 

A mascote oficial da Copa do Mundo de 2014 no Brasil vai se chamar "Fuleco", uma palavra que os organizadores afirmam transmitir uma mensagem de consciência ambiental.

Quase a metade das mais de 1,7 milhão de pessoas que votaram em uma pesquisa online preferiu "Fuleco" em vez de "Zuzeco" ou "Amijubi". "Fuleco" é a junção das palavras futebol e ecologia.

A mascote é um tatu-bola, uma espécie em risco de extinção no Brasil.

A tradição de ter uma mascote para a Copa do Mundo remonta ao ano de 1966, quando um leão chamado "World Cup Willie" foi escolhido para o torneio na Inglaterra.

Desde então, as mascotes foram desde as duas crianças alemãs "Tip e Tap", em 1974, à pimenta "Pique", do México, em 1986, e ao leopardo "Zakumi", que representou o torneio na África do Sul, em 2010.

O tatu amarelo e azul foi escolhido em setembro e grandes versões infláveis foram colocadas nas 12 cidades brasileiras onde serão disputadas as partidas do Mundial. No entanto, as autoridades foram obrigadas a retirá-las, ou aumentar a segurança, em pelo menos três cidades, depois que vândalos depredaram.

"Fuleco" fará uma aparição esta semana em São Paulo no sorteio para a Copa das Confederações de 2013. O sorteio para a competição preparatória para a Copa do Mundo acontece no próximo sábado.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.