1 evento ao vivo

Metade dos estádios da Copa das Confederações estão com obras inacabadas

14 mai 2013
15h58
  • separator

Metade dos seis estádios que serão utilizados na Copa das Confederações, que acontecerá no Brasil em junho, estão incompletos, faltando um mês para a abertura da competição, que serve como um ensaio geral para a Copa do Mundo de 2014.

O Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, e o Maracanã, no Rio de Janeiro, sedes da abertura e final, respectivamente, estão em fase de finalização. Já na Arena Pernambuco, em Recife, as obras viárias de acesso ao público ainda precisam ser concluídas.

O Mineirão, em Belo Horizonte, e o Castelão, em Fortaleza, foram os únicos estádios que cumpriram a risca o calendário estipulado com a Fifa. A Arena Fonte Nova, em Salvador, foi entregue com atraso, mas já teve suas obras encerradas.

Durante visita ao Mané Garrincha, Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa, disse, no entanto, que se sente com "mais confiança", devido ao avanço nas obras desde janeiro.

O estádio de Brasília será inaugurado no próximo sábado com a final do Campeonato Brasiliense. Depois, o local só voltará a ser utilizado na abertura da Copa das Confederações, entre Brasil e Japão, no dia 15 de junho, para público de 70.064 pessoas.

O Maracanã, que será inspecionado por Valcke amanhã, passou por um teste com capacidade 30% do público total. Antes da competição, no dia 2 de junho, o estádio terá sua primeira partida oficial pós-reabertura, com o amistoso entre Brasil e Inglaterra, para público completo de 76.804 pessoas.

A outra sede atrasada é Recife, onde estrearão Espanha e Uruguai, no dia 16 de junho. Nos arredores ainda estão pendentes obras de uma estação de metrô, ruas, avenida e viadutos que dão acesso ao estádio. A Arena será testada no dia 22, em amistoso envolvendo Náutico e Sporting, de Portugal.

Com capacidade de 44.248 pessoas, será o de menor capacidade na competição, embora seja um dos mais aguardados devido ao seu projeto arquitetônico, já que sua fachada mudará de cor, de acordo com as equipes que estiverem jogando.

A Copa da Confederações será realizada entre 15 e 30 de junho, com a participação de Brasil, Itália, Japão e México, no grupo A, e Espanha, Nigéria, Taiti e Uruguai, no B.

EFE   
publicidade