1 evento ao vivo

Monaco pretende contratar Cristiano Ronaldo por valor recorde

12 jun 2013
08h32
atualizado às 08h42

Vendido pelo Manchester United ao Real Madrid por 94 milhões de euros (aproximadamente R$ 266,4 milhões) em 2009, o atacante Cristiano Ronaldo é o atleta mais caro da história do futebol. No entanto, conforme divulgou o jornal The Independent, nesta quarta-feira, o Monaco está disposto a quebrar o recorde e planeja oferecer 100 milhões de euros (cerca de R$ 283,4 milhões) ao clube espanhol para assegurar a contratação do atleta português.

Apoiado por investimentos do bilionário russo Dmitry Rybolovlev, o time francês já gastou 130 milhões de euros (por volta de R$ 368,5 milhões) em contratações nesta janela de transferências do futebol europeu. A dupla de meio-campistas do Porto formada por James Rodríguez e João Moutinho custou R$ 198,4 milhões, enquanto o centroavante Falcao García, do Atlético de Madrid, teve valor de R$ 170 milhões.

Com este cenário, Cristiano Ronaldo chegaria ao Monaco para assumir papel de protagonista da equipe comandada por Claudio Ranieri. Além do valor desembolsado ao Real Madrid, o clube francês ainda pagaria salário anual de 20 milhões de euros (aproximadamente R$ 56,6 milhões) livres de impostos ao português, fazendo com que seja o atleta mais bem pago do mundo.

Anteriormente, o jornal espanhol As havia divulgado o interesse do Monaco na contratação de Cristiano Ronaldo, que tem contrato com o Real Madrid até 2015 e ainda negocia renovação. Manchester United, Manchester City e Paris Saint-Germain também estariam interessados na transação.

Outro fator que pode influenciar o português em sua decisão é a utilização de seus direitos de imagem. Atualmente, o clube espanhol detém 40% deles, mas os quatro times aceitaram deixar Cristiano Ronaldo com totalidade. Em busca de renovação, o Real Madrid tem oferecido salário de 15 milhões de euros (cerca de R$ 42,5 milhões).

Eleito melhor jogador do mundo em 2008, o atacante chegou ao Real Madrid em 2009, contratado junto ao Manchester United. Desde então, conquistou o Campeonato Espanhol, Copa do Rei e Supercopa da Espanha. Neste período, ainda foi artilheiro do Espanhol de 2010/2011, com 40 gols, e também da Liga dos Campeões desta temporada, com 12 gols.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade