0

Com gol brasileiro, Bayern não dá chance ao Raja e leva tri mundial

21 dez 2013
19h21
atualizado em 22/12/2013 às 18h15
  • separator
  • comentários

Como o Atlético-MG sabe bem, surpresas acontecem no Mundial de Clubes. Mas existem favoritos que sabem se impor. E foi isso que aconteceu em Marrakech, no Marrocos, neste sábado. O Bayern de Munique, campeão alemão e da Europa, superou o time da casa, Raja Casablanca, por 2 a 0, com gol do brasileiro Dante.

O placar magro não reflete o gordo controle que a equipe bávara teve durante os 90 minutos, com preciso toque de bola, chances de gol perdidas, bola na trave e um futebol bonito de se ver. Enfim, o Bayern mostrou que merece mesmo ser o novo campeão mundial de clubes. Tricampeão!

Mas pelo menos o Raja não foi omisso. No começo tentou equilibrar a partida e conseguiu o feito de levar perigo no ataque antes do placar ser aberto. Mas logo a partida começou a fluir de acordo com o roteiro esperado: após cobrança de escanteio, Boateng escorou para Dante dominar a bola na área e fuzilar para o gol, como se fosse centroavante: 1 a 0.

<p>Filho do brasileiro Mazinho, Thiago marcou o segundo gol do Bayern</p>
Filho do brasileiro Mazinho, Thiago marcou o segundo gol do Bayern
Foto: AP

E o Bayern quis mais, tanto gols quanto espetáculo. A beleza veio nas trocas de passes, que quase resultaram em gols de Müller e Alaba. Já a eficiência saiu dos pés de Thiago Alcântara. Ele recebeu bom passe na esquerda e finalizou para a rede aos 21min.

Depois disso, o Bayern começou a se acomodar. Tocou a bola com eficiência, mas sem objetividade. Um chute de Shaqiri até deu trabalho ao goleiro Akri, mas outro lance comprovou o relaxamento do time de Pep Guardiola: os defensores trocaram passes até Neuer errar e deixar a bola nos pés de Chitibi, que não fez o gol por poucos centímetros. O técnico foi à loucura no banco.

O Bayern até voltou mais esperto para o segundo tempo e tentou pressionar a saída de bola do time da casa, que não se abalou por isso. Tanto que, aos 11min, Iajour recebeu bom cruzamento e cabeceou com perigo, mas Neuer estava bem posicionado para defender.

<p>Torcida do Bayern era minoria, mas provou novamente que sabe fazer a festa em um estádio</p>
Torcida do Bayern era minoria, mas provou novamente que sabe fazer a festa em um estádio
Foto: AP

A resposta alemã começou com uma bola roubada no ataque, que terminou com um erro feio de Shaqiri, aos 15min. Dentro da pequena área, sozinho, ele chutou no travessão.

Mas foi só. Logo o Bayern começou a "tirar o pé" e apenas administrar a vitória. Com erros em lances simples nos contra-ataques, o Raja só teve uma chance clara de gol. E perdeu. Aos 38min, Mabide ficou sozinho, mas chutou no rosto de Neuer. O rebote ainda sobrou para o principal jogador do time, mas Moutaouali mandou para longe a esperança de alguma festa marroquina em Marrakech.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade