Mundial de Clubes

publicidade
03 de dezembro de 2012 • 11h07 • atualizado às 11h43

"Esquecido", possível rival corintiano chega ao Japão e treina em Nagoya

Jogadores do Al Ahly iniciaram nesta segunda-feira os treinos em solo japonês
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
  • Direto de Nagoya (Japão)
 

Os possíveis rivais do Corinthians na semifinal do Mundial de Clubes do Japão já iniciaram seus treinos em solo nipônico para a disputa da competição. Nesta segunda-feira, enquanto o Auckland City, da Nova Zelândia, treinou pela manhã, o clube egípcio Al Ahly participou de atividade no centro de treinamento Mizuho, sem a presença de nenhum repórter da imprensa internacional.

» Pelé, Corinthians e Mazembe; lembre fatos do Mundial de Clubes
» Rival fraco? Compare Chelsea com europeus campeões do mundo
» Monte o time ideal do Corinthians para o Mundial de Clubes
» Vai seguir o Corinthians no Japão? Conte sua história!

O Terra era o único veículo de comunicação presente no treinamento do Al Ahly em Nagoya, e pegou de surpresa até aos membros do staff do time egípcio. Ao chegar ao CT, a reportagem teve que aguardar alguns minutos pela autorização da diretoria do clube africano, que não esperava a presença de jornalistas.

Com a presença de seus principais jogadores, como Mohammed Barakat, Wael Gomma, Abu Trika, Ahad El-Sayed e Aydah Gebbo - todos integrantes da seleção egípcia-, o Al Ahly realizou atividade tática e um leve rachão, que curiosamente não teve gols ao longo dos 30 minutos de jogo.

Em conversa com a reportagem, membros da delegação do Al Ahly admitiram conhecer pouco do elenco corintiano e ainda se mostraram confiantes com o futuro do time no Mundial, apesar do clube ter disputado poucas partidas na atual temporada, uma vez que o Campeonato Egípcio está paralisado há alguns meses.

A equipe de Cairo é a favorita para avançar às semifinais e enfrentar o Corinthians no Mundial de Clubes. Contudo, ainda precisa vencer um desafio antes: derrotar o time que se classificar do duelo entre Sanfrecce Hiroshima-JAP e Auckland City-NZL, que se encaram na próxima quinta-feira.

Terra Terra