publicidade
09 de dezembro de 2012 • 10h24 • atualizado às 12h51

Al Ahly bate Sanfrecce Hiroshima e enfrenta Corinthians na semi

Jogadores do Al Ahly comemoram gol de Hamdy, que abriu o placar do duelo contra o Sanfrecce Hiroshima
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
  • Direto de Toyota (Japão)
  • Direto de Toyota (Japão)
 

O torcedor do Corinthians que acordou cedo neste domingo para descobrir o adversário do time paulista na semifinal do Mundial de Clubes viu o Al Ahly derrotar o Sanfrecce Hiroshima por 2 a 1 e garantir a classificação à próxima fase do torneio disputado no Japão. A partida, disputada no Estádio de Toyota, contou com a presença dos jogadores do time brasileiro, que acompanharam atentamente o que seu próximo rival pode fazer na quarta-feira, dia 12.

» Veja como foi Sanfrecce Hiroshima 1 x 2 Al Ahly

Para conquistar sua vitória o Al Ahly precisou sofrer. A equipe egípcia conseguiu gols com Hamdy e Aboutrika e sofreu grande pressão do Sanfrecce Hiroshima, que descontou com Hisato e cansou de desperdiçar gols.

A partida começou com um susto. Logo aos 3min, o goleiro Shusaku trombou com Gedo, levou a pior e precisou ser substituído com um corte no rosto. Após a entrada do arqueiro Masuda, o Sanfrecce Hiroshima viu o Al Ahly ser superior e atacar bastante, dando a impressão de que o gol sairia rapidamente. Isto ocorreu aos 14min, quando Naguib correu rente à linha de fundo a partir da ponta direita e rolou para Hamdy completar.

O início dava a impressão de que os egípcios sairiam com uma vitória tranquila no Estádio de Toyota, mas pouco a pouco o Sanfrecce passou a ir mais ao ataque e enfim tomou o controle do jogo. Confusa, a defesa do Al Ahly deixava espaços que eram aproveitados pelos jogadores ofensivos do time japonês, e o empate só não saiu aos 20min e aos 24min por conta da intervenção do goleiro Ekramy. Enquanto isso, a neve caía em Toyota.

A partir dos 31min a situação da equipe do Cairo ficou ainda pior. Depois de cobrança de escanteio, a defesa bateu cabeça e a bola sobrou para Hisato igualar o marcador. Na sequência, Ghali, que havia sentido dores na perna esquerda, precisou ser substituído pelo veterano Aboutrika. No tempo que ainda restava no primeiro tempo a equipe japonesa foi amplamente superior e não conseguiu a virada porque seus atacantes falhavam na hora da conclusão.

Depois do intervalo a partida voltou mais equilibrada e com poucas chances ofensivas. Isto seguiu até os 11min, quando Aboutrika foi lançado e tocou na saída de Masuda para fazer o segundo gol do Al Ahly. Depois do novo gol do time egípcio, a partida voltou a ser mais favorável aos japoneses.

O Sanfrecce, entretanto, voltou a sofrer com a falta de mira. Aos 32min, Mikic arriscou chute de fora da área e a bola foi para a linha de fundo sem perigo ao goleiro Ekramy. Quatro minutos depois, Sato recebeu grande passe e bateu para fora, perdendo excelente chance de empatar novamente.

Ficha técnica

HIROSHIMA SANFRECCE 1 x 2 AL AHLY

Gols
HIROSHIMA SANFRECCE:
Hisato, aos 31min do 1º tempo
AL AHLY:
Hamdy, aos 14min do 1º tempo, e Aboutrika, aos 11min do 2º tempo

HIROSHIMA SANFRECCE: Nishikawa (Masuda); Koji Moriwaki (Seokho), Chiba, Mizumoto e Shimizu (Yamagishi); Aoyama, Kazuyuki Morisaki, Mikic, Takahagi e Koji Morisaki; Hisato Sato
Treinador: Hajime Moriyasu

AL AHLY: Ekramy; Nagieb, Gomaa e Ahmed Fathi; Ashour, Kenawi, Hossam Ghali (Aboutrika), Elsayed Hamdi (Trezeguet) e Said; Soliman (Barakat) e Gedo
Treinador: Hossam El Badri

Cartões amarelos
HIROSHIMA SANFRECCE: Kazu
AL AHLY: Gomaa, Ashour, Trezeguet e Soliman

Árbitro
Carlos Vera (EQU)

Local
Estádio de Toyota, em Toyota (Japão)

 

Terra