0
Logo do Mundial de Clubes
Foto: terra

Mundial de Clubes

Técnico do Estudiantes prega humildade no Mundial de Clubes

10 dez 2009
19h55
atualizado às 21h16

O técnico Alejandro Sabella, do Estudiantes, afirmou que seus comandados chegam com "humildade" para a disputa do Mundial de Clubes, iniciado quarta-feira em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes.

» Verón aponta Barcelona como favorito no Mundial de Clubes
» Barcelona lembra do Inter para evitar novo vice-Mundial
» Toque brasileiro inspira time sul-coreano no Mundial

Os argentinos, campeões da Libertadores deste ano em cima do Cruzeiro, estreiam somente dia 15 na competição, já pela semifinal, contra o vencedor da partida entre o Mazembe, da República Democrática do Congo, e os sul-coreanos do Pohang Steelers.

"O Estudiantes ganhou respeito como todo argentino, principalmente quando não é favorito, e tem uma mística especial neste tipo de torneios", comentou o treinador, diretamente de Abu Dhabi, ao site da Fifa.

"Na teoria, quem tem mais chances de ser campeão é o Barcelona, mas será preciso esperar. Se tivermos de enfrentá-los, faremos todo o possível para levar o título", comentou.

Sabella disse que vai acompanhar melhor o jogo desta sexta-feira entre Mazembe e Pohang Steelers para ter mais informações. Porém, já adiantou que "nenhum será fácil".

Ao falar de respeito aos rivais, ele lembrou que muitos torcedores do Cruzeiro comemoraram antecipadamente o título da Libertadores pelo empate sem gols na primeira partida, em La Plata. No Mineirão, o Estudiantes acabou vencendo pelo placar de 2 a 1, calando a torcida. "A história disse outra coisa e esse é nosso melhor aprendizado", apontou.

O treinador afirmou que o elenco está um pouco ansioso, principalmente pela responsabilidade que o torneio traz para o clube. Ao lembrar que o Estudiantes disputou três mundiais entre 1968 e 1970, levando apenas o primeiro, ele disse: "Temos outra grande oportunidade novamente, após 39 anos, e não queremos deixá-la passar".

Vitória sobre o Cruzeiro no Mineirão é lembrada como exemplo no Estudiantes
Vitória sobre o Cruzeiro no Mineirão é lembrada como exemplo no Estudiantes
Foto: Reuters
EFE   
publicidade