1 evento ao vivo
Logo do Mundial de Clubes
Foto: terra

Mundial de Clubes

Torres valoriza Mundial e lembra paixão por "Tsubasa"

11 dez 2012
02h03
atualizado às 02h10
  • separator
  • comentários

Principal atacante do Chelsea, Fernando Torres está empolgado com a possibilidade de disputar o Mundial de Clubes. Em entrevista para o site oficial do time, ele destacou a importância do título e prometeu empenho na competição. Além disso, mostrou felicidade por jogar no Japão, já que um desenho do país o motivo a ser jogador de futebol, o "Super Campeões", do personagem Oliver Tsubasa.

Fernando Torres (à dir.) começou a jogar futebol por causa de um desenho japonês
Fernando Torres (à dir.) começou a jogar futebol por causa de um desenho japonês
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

» Pelé, Corinthians e Mazembe; lembre fatos do Mundial de Clubes
» Conheça os estádios que receberão Corinthians no Japão
» Vai seguir o Corinthians no Japão? Conte sua história!

Em primeiro lugar, Torres explicou como é única a oportunidade de jogar no Mundial: "quantas pessoas não levam esse torneio a sério ou não acham que é realmente um Mundial? Na Europa talvez nós não damos muita atenção e algumas pessoas pensam que não significa muito, mas para mim significa. Não é um feriado ou uma pausa, é uma Copa do Mundo. É legal estar envolvido e talvez poder dizer que você é um campeão do mundo". 

Torres lembrou ainda do Corinthians ao comentar a importância que outros times dão para o Mundial: "David Luiz (zagueiro brasileiro do Chelsea) me mostrou um vídeo dos torcedores do Corinthians, o aeroporto estava cheio de gente apoiando o time e viajando para o Japão para torcer, então é muito importante", contou ele. O centroavante só não acredita que uma vitória no Mundial fará a torcida do Chelsea esquecer a eliminação recente na Liga dos Campeões: "são coisas diferentes", apontou.

A empolgação de Fernando Torres com o Mundial explica-se ainda por um fato da sua infância. Ele admitiu que um desenho japonês foi essencial para ele se tornar jogador de futebol: "eu lembro que, quando eu era criança, todo mundo na escola falava sobre um desenho de futebol, do Japão. Chamava-se 'Oliver e Benji' na Espanha (no Brasil era 'Super Campeões'), que eram dois jovens, que se tornavam jogadores, iam para o time nacional, ganhvam a Copa do Mundo, iam para Barcelona, Bayern de Munique e era como um sonho"

Torres detalhou ainda como aconteceu sua iniciação no futebol: "eu comecei a jogar futebol por causa desse desenho e porque meu irmão me forçou, já que eu amava o desenho. Eu queria ser o Oliver Tsubasa, porque ele jogava na linha, e o Benji era goleiro. Esse foi meu primeiro contato com o Japão", relembrou o jogador, que fará sua estreia no país na próxima quinta-feira, às 8h30 (de Brasília), contra o Monterrey. Se vencer, o Chelsea enfrentará o vencedor do jogo entre Corinthians e Al Ahly.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade