Mundial de Clubes 2007

Mundial de Clubes 2007

Domingo, 16 de dezembro de 2007, 10h23  Atualizada às 12h14

Kaká dá show e Milan é o 1º tetra mundial

Reuters

Destaque, Kaká dá passe para o primeiro gol de Inzaghi
Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:

Com um gol e duas assistências do meia brasileiro Kaká, o Milan derrotou o Boca Juniors por 4 a 2, neste domingo, na final do Mundial de Clubes, em Yokohama, no Japão, e sagrou-se o primeiro tetracampeão.

» Veja as fotos do jogo
» Veja as fotos da festa
» Kaká é eleito melhor
da final e do Mundial

» Comente a decisão

No gol que abriu o placar, o brasileiro, que pode ser premiado como o melhor do mundo pela Fifa nesta segunda-feira, deixou Inzaghi livre para marcar, o que voltou a acontecer no penúltimo gol do jogo.

Palacio ainda empatou para o Boca, mas, no segundo tempo, Nesta, Kaká e Inzaghi garantiram a conquista milanesa. Já no final, Ledesma descontou para o time argentino, que também buscava o quarto título mundial.

Na contagem da Fifa, no entanto, o tetracampeonato do time italiano (1969, 1989, e 1990 e agora 2007) não é considerado. A entidade não reconhece os títulos do Mundial Interclubes, disputado até 2004 entre os campeões da Europa e da América do Sul.

Pelo critério aditado pela Fifa, o Milan é o primeiro clube não brasileiro a conquistar o Mundial de Clubes. Corinthians (2000), São Paulo (2005) e Internacional (2006) comemoram os títulos nas edições anteriores.

Campeão da Copa dos Campeões, em maio, o Milan fecha um ano irregular. Apesar do bom desempenho nos torneios internacionais, o time faz campanha discreta no Campeonato Italiano.

Além de Kaká, o meio-campista Emerson, o goleiro Dida e os laterais Cafu e Serginho fizeram parte do elenco campeão, sendo que só o último não participou da decisão. Já os atacantes Ronaldo e Alexandre Pato, apesar de jogaram no time, não participaram do torneio japonês.

O Boca, por sua vez, conquistou apenas a Copa Libertadores em 2007 e ainda viu o Milan virar o "Rei das Copas" por ficar com um título internacional a mais na história. Antes da decisão, os dois contabilizavam 17 títulos oficiais fora de seus países.

No primeiro tempo, Milan e Boca fizeram uma partida equilibrada e criaram situações de gol com freqüência. Logo aos 4min, Seedorf acertou excelente passe para Inzaghi, que, dentro da área, chutou cruzado e a bola saiu rente à trave.

O Boca respondeu aos 10min. Palacio avançou pela esquerda e levantou. Dida saiu mal do gol, mas Cardozo chutou sem direção na sobra. Já o Milan assustou novamente com Kaká, aos 18min, quando Maldini errou o chute e a bola sobrou para o brasileiro, que bateu cruzado em cima de Morel Rodriguez.

Pelos pés de Kaká, o Milan chegou ao primeiro gol aos 21min. O brasileiro arrancou pelo meio e chutou em cima do marcador. Kaká, porém, recuperou a bola e cruzou nos pés do atacante Inzaghi, que, livre, chutou para abrir o placar.

A resposta do Boca durou um minuto. Após cobrança ensaiada de escanteio, Morel Rodriguez recebeu, levantou e Palacio subiu sem marcação para empatar de cabeça.

Até o final do primeiro tempo, o Milan ainda assustou em chutes de longa distância de Kaká e Seedorf. Já o Boca lamenta o último lance do período, quando Palacio saiu a cara do gol após tabela com Palermo, mas o assistente marcou impedimento.

No segundo tempo, o Milan voltou melhor e logo aos 4min ficou novamente à frente. Pirlo cruzou em cobrança da falta pela direita e a bola sobrou para o zagueiro Nesta chutar forte, sem chance para o goleiro Caranta.

O Boca quase empatou aos 12min. Ibarra carregou pela meia-direita e, da intermediária, chutou com força: Dida não alcançou e a bola acertou a trave de Dida.

Porém, na seqüência, o Milan definiu o placar. Aos 15min, Kaká arrancou pela esquerda em rápido contra-ataque, invadiu a área, chutou cruzado, sem força, mas Caranta deixou a bola passar para as redes.

Com o Boca perdido em campo, o Milan ainda marcou o quarto. Aos 25min, em rápido contra-ataque, Seedorf passou para Kaká, que dominou dentro da área e rolou para Inzaghi chutar no canto, ampliando a vantagem italiana.

Já aos 39min, o Boca descontou, mas a reação por aí. Morel Rodriguez cruzou em cobrança de escanteio e o lance sobrou para Ledesma, que chutou. A bola bateu em Ambrosini e enganou Dida.

Veja a lista de campeões:

Mundial de Clubes da Fifa
2007 - Milan (ITA)
2006 - Internacional (BRA)
2005 - São Paulo (BRA)
2000 - Corinthians (BRA)

Mundial Interclubes
2004 - Porto (POR)
2003 - Boca Juniors (ARG)
2002 - Real Madrid (ESP)
2001 - Bayern de Munique (ALE)
2000 - Boca Juniors (Argentina)
1999 - Manchester United (ING)
1998 - Real Madrid (ESP)
1997 - Borussia Dortmund (ALE)
1996 - Juventus (ITA)
1995 - Ajax (HOL)
1994 - Vélez Sarsfield (ARG)
1993 - São Paulo (BRA)
1992 - São Paulo (BRA)
1991 - Estrela Vermelha (IUG)
1990 - Milan (ITA)
1989 - Milan (ITA)
1988 - Nacional (URU)
1987 - Porto (POR)
1986 - River Plate (ARG)
1985 - Juventus (ITA)
1984 - Independiente (ARG)
1983 - Grêmio (BRA)
1982 - Peñarol (URU)
1981 - Flamengo (BRA)
1980 - Nacional (URU)
1979 - Olimpia (PAR)
1978 - não houve campeão
1977 - Boca Juniors (ARG)
1976 - Bayern de Munique (ALE)
1975 - não houve campeão
1974 - Atlético de Madrid (ESP)
1973 - Independiente (ARG)
1972 - Ajax (HOL)
1971 - Nacional (URU)
1970 - Feyenoord (HOL)
1969 - Milan (ITA)
1968 - Estudiantes (ARG)
1967 - Racing (ARG)
1966 - Peñarol (URU)
1965 - Inter de Milão (ITA)
1964 - Inter de Milão (ITA)
1963 - Santos (BRA)
1962 - Santos (BRA)
1961 - Peñarol (URU) 1960 - Real Madrid (ESP)

Redação Terra