1 evento ao vivo

Nicolás Leoz deixa Comitê Executivo da Fifa e pode renunciar à presidência da Conmebol

23 abr 2013
13h22
atualizado às 14h26

O presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), o paraguaio Nicolás Leoz, pediu sua renúncia como membro do Comitê Executivo da Fifa. As informações oficiais dão conta de que a saída foi por recomendação médica. Não é descartada uma renúncia também da presidência da entidade sul-americana.

Os médicos encarregados da saúde de Leoz, que está com 84 anos, o aconselharam a não viajar mais para o exterior. O próprio Leoz confirmou que na próxima terça-feira colocará o seu cargo à disposição.

- Em 30 de abril colocarei o meu cargo de presidente da Conmebol à disposição dos presidentes das outras federações - disse Leoz em pronunciamento transmitido pelas rádios do Paraguai.

Para deixar a presidência da Conmebol, Leoz convocará tal reunião com os presidentes das dez federações filiadas na próxima terça-feira, onde colocará os motivos que o levarão à uma eventual renúncia.

Nicolas Leoz, que é presidente da Conmebol desde 1986, foi submetido em novembro do ano passado à uma cirurgia para corrigir uma obstrução em uma de suas artérias. A operação foi realizada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade