inclusão de arquivo javascript

Futebol

 
 

Zezé Perrella troca cargo mas segue como cartola no Cruzeiro

09 de janeiro de 2003 19h33

Rio - Após oito anos (95 a 2002) à frente da presidência do Cruzeiro, Zezé Perrella foi confirmado nesta quinta-feira como vice-presidente de futebol do clube. Ele disse que tem dívida de gratidão com o irmão, Alvimar Perrella, eleito em novembro passado para sucedê-lo na presidência neste triênio 2003/2004/2005.

?O Alvimar me ajudou bastante quando eu era o presidente. Quero retribuir isso e, o que é mais importante, seguir ajudando o Cruzeiro, clube que amo?, declarou Zezé Perrella, que recusou um convite do governador Aécio Neves para ocupar a presidência da Loteria Mineira ?Meu negócio é futebol?, justificou o dirigente.

A "Dinastia Perrella" antecipa que a política de investimentos do clube para 2003 será marcada pela cautela. O presidente Alvimar Perrella disse que a atual realidade financeira dos clubes brasileiros serve como alerta.

?Não dá mais para fazer investimentos exorbitantes, pois o retorno não virá. As receitas caíram consideravelmente?, declarou ele, avisando à torcida que não espere contratações de impacto.

Não por acaso, o Cruzeiro fracassou nas tentativas de contratar Vampeta, Liédson e Araújo.

?Não vamos fazer loucura. Estamos esperando algumas definições do mercado para contratarmos na hora certa. Tenho certeza de que muitos jogadores ficarão, em vão, esperando por uma proposta milionária. Elas não chegarão e, aí sim, vamos tentar fechar negócios?, afirmou ele.

Lancepress!