inclusão de arquivo javascript

Futebol

 
 

Júlio César se desculpa por dribles e xingamento a Evaristo

17 de março de 2003 14h44

Rio - O goleiro Júlio César disse nesta segunda-feira que não pensou em jogar a torcida do Flamengo contra os jogadores ao sair driblando os adversários no Fla-Flu de sábado, em que o Rubro-Negro foi goleado pelo rival. Segundo o jogador, ele fez aquilo porque estava desesperado e se sentindo impotente.

?O Fluminense estava colocando a gente na roda e eu queria ajudar meus companheiros, que passavam por uma situação difícil. Extravasei porque estava triste e magoado, mas já me desculpei no sábado mesmo?, declarou à Rádio Brasil.

O goleiro disse que pediu desculpa individualmente para o técnico Evaristo de Macedo, a quem chamou de burro: ?Houve um mal-entendido de um repórter e já pedi mil desculpas. Acho que está superado, tenho que respeitar o Evaristo, que já fez muito pelo futebol brasileiro.?

Lancepress!