inclusão de arquivo javascript

Futebol

 
 

Cuca é o novo técnico do São Paulo

11 de dezembro de 2003 11h40 atualizado às 17h41

O diretor de futebol do São Paulo, Juvenal Juvêncio, reuniu o elenco na manhã desta quinta-feira antes do treino no Morumbi e comunicou aos jogadores que Roberto Rojas faz sua despedida do cargo de técnico no domingo, contra o Flamengo.

O nome confirmado para substituir Rojas é Cuca. Segundo o Terra Esportes apurou com uma pessoa ligada à diretoria são-paulina, Cuca só não foi anunciado oficialmente porque ainda falta a assinatura do contrato.

"Cuca conhece os jogadores brasileiros, é um disciplinador, não é vedete e seu salário é aceitável", disse Juvenal Juvêncio, em entrevista à rádio Jovem Pan.

O cartola confirmou ainda que houve procuras por outros técnicos. "Sei que os torcedores do São Paulo gostariam de ter um grande técnico. Mas o Leão renovou com o Santos, o Felipão e o Parreira estão na seleção e o Tite está indo para o Japão".

Cuca, apesar de ainda não confirmar sua contratação, já fala como o novo técnico. "Não temos a posição dos jogadores. Devemos nos reunir e conversar depois que estiver tudo acertado e seguir dentro de um projeto para o São Paulo. Temos que fazer uma avaliação do grupo feita pelo Rojas e pelo Milton, e aí fazer contratações", afirmou o treinador à TV Record.

O chileno Rojas, que passou de treinador de goleiros a técnico, vai voltar a sua antiga função. O auxiliar técnico, Milton Cruz, continua.

De acordo com Juvenal, caso Rojas tenha uma proposta para ser treinador em outra equipe, o clube vai liberá-lo. Mas, se ele não tiver sucesso, sempre terá um lugar no São Paulo. "O Rojas volta à condição de treinador de goleiros, como havíamos prometido. Hoje, ele é um técnico respeitado. Se ele receber uma proposta para comandar outro time, nós o liberaremos. E se ele não tiver sucesso lá (no outro time), poderá voltar para cá que nós estaremos de braços abertos esperando. Ele continuará como empregado do São Paulo."

Com informações de Lancepress.

Redação Terra