inclusão de arquivo javascript

Futebol

 
 

Em silêncio, Fábio espera decisão da Justiça

15 de setembro de 2004 11h22

Orientado por sua advogada, Gislaine Nunes, o goleiro Fábio permanece em silêncio, sem falar com a imprensa desde que decidiu mover uma ação na Justiça do Trabalho contra o Vasco.

Quem vem falando em nome do jogador é sua mulher Sandra Mara.

Para ela, apesar da derrota nesta terça em primeira instância, é muito difícil o jogador voltar a treinar com o elenco do Vasco em São Januário. "Totalmente descartado é uma expressão muito forte. Nunca se sabe o que pode acontecer. Temos uma fé muito forte e sempre acreditamos num ser superior. Ele está bem orientado e recebeu com tranqüilidade a notícia de que o juiz deu ganho de causa ao Vasco", disse.

Sandra, que está grávida de três meses, não considera que o futuro de Fábio será prejudicado por causa da briga na Justiça.

De qualquer forma, o goleiro pode não jogar mais nesta temporada, já que mesmo conseguindo futuramente uma liminar para assinar com outro clube, o período de inscrições no futebol europeu se encerrou e ele não pode mais atuar no Campeonato Brasileiro, já que ultrapassou o número de jogos permitidos pelo regulamento da competição.

"Ele é muito centrado. Atrapalhar a carreira jamais. Antes de entrar na Justiça do Trabalho, analisou os prós e contras", disse.

Em São Januário, o técnico Geninho lamenta a perda do jogador. Fábio seria o novo capitão pelo respeito que tem dos companheiros. "Confio no Tadic. Mas é lógico, que, pelo currículo que tinha, o Fábio transmitia mais segurança", afirmou.

Vas notifica

O presidente do Vasco, Eurico Miranda, divulgou um comunicado oficial no site oficial do clube revelando que está notificando a CBF e o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) sobre o caso envolvendo o goleiro Fábio, que entrou na justiça pedindo sua desvinculação ao time de São Januário.

Nesta terça-feira, Eurico reclamou que o goleiro foi convocado para a Seleção e não retornou ao clube.

"No dia 17 de agosto, o atleta Fabio Deivson Lopes Maciel foi convocado para servir a Seleção Brasileira nos confrontos com a Bolívia (Eliminatórias da Copa do Mundo - 5 de setembro) e contra a Alemanha (amistoso - 8 de setembro). Fábio disputou normalmente a partida Vasco x Fluminense (29 de agosto) e se apresentou à Seleção Brasileira, conforme previsto".

"Esteve a serviço da Seleção Brasileira desfalcando o clube nos jogos contra o Grêmio (2 de setembro) e Paysandu (7 de setembro). A partir da desconvocação o Vasco foi surpreendido com a não apresentação do goleiro Fábio e continua aguardando que o jogador se apresente".

"Sendo assim, o Vasco está notificando a CBF e o STJD: até o presente momento o atleta Fábio não se apresentou ao clube, como deveria".

Lancepress!