inclusão de arquivo javascript

Futebol

 
 

Flamengo demite o técnico Ricardo Gomes

01 de novembro de 2004 10h04 atualizado às 10h04

Ameaçado de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Flamengo demitiu o técnico Ricardo Gomes na manhã desta segunda-feira. O anúncio foi feito pelo próprio treinador, após uma reunião de 40 minutos na Gávea envolvendo também o presidente Márcio Braga e o diretor-técnico Júnior.

  • Opine: Quem deve ser o novo comandante da equipe rubro-negra?

    Assim como aconteceu após as saídas de Abel Braga e Paulo César Gusmão, o ex-jogador Andrade assume o comando do time de forma interina, até que seja contrato um novo técnico.

    "Fui informado pela manhã que não iria continuar. Saio deixando vários amigos. É um grande clube e tenho a certeza de que vai reencontrar o caminho das vitórias nos próximos jogos", disse o treinador, que já havia sido demitido do Fluminense, também neste Brasileiro.

    O clima passou a ficar pesado para Ricardo Gomes depois de sua decisão em afastar o atacante Dimba da equipe titular. Na volta ao Rio, ontem, após a derrota de sábado para o Juventude (1 a 0), em Caxias, alguns torcedores foram ao aeroporto para apoiar Dimba e pedir a saída do técnico.

    Além do problema de relacionamento com o atacante, Ricardo Gomes não vinha colecionando bons resultados no Flamengo. O time está atualmente na zona de rebaixamento, ocupando a 21ª colocação com 42 pontos em 39 jogos - 35% de aproveitamento.

    "O Flamengo vai dar continuidade e é claro que tem condições de sair dessa situação. Está sob controle e não existe o menor risco de mudar de divisão", afirmou, otimista.

    Repercussão

    Após saber da demissão de Ricardo Gomes, o meia Felipe criticou a decisão da diretoria. Para o jogador, a saída do treinador pode acabar prejudicando ainda mais o time no Campeonato Brasileiro.

    "Era uma pessoa que estava ajudando a gente há um tempo. Tem um caráter honesto, sincero, procura sempre fazer o melhor para o grupo. No momento que o grupo vive, sua saída pode piorar as coisas", disse Felipe.

    O meia também fez críticas às declarações do atacante Dimba antes do jogo contra o Juventude.

    "Essas declarações não ajudam em nada. O Flamengo é um grupo bom, unido, que conquistou o Estadual e foi à final da Copa do Brasil. Isso só acaba atrapalhando."

  • Redação Terra