inclusão de arquivo javascript

Futebol

 
 

Campeonato Baiano-1999 pode ter campeão

10 de janeiro de 2005 21h02 atualizado às 21h02

Cinco anos depois, aparece uma luz no fim do túnel. Pelo menos, o presidente da Federação Bahiana de Futebol, Ednaldo Rodrigues, prometeu para ainda esta semana ter uma definição sobre o Campeonato Baiano de 1999 que não foi concluído.

O processo se arrastou até o ano passado com ida e vindas pelos tribunais e o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) da CBF devolveu ao Tribunal da FBF com a recomendação que a diretora da Federação é que dará a definição.

As hipóteses são: declarar Vitória ou Bahia campeão; declarar os dois campeões; ou declarar que o título está vago. A possibilidade da realização de um jogo foi descartada pelo presidente.

"Sempre foi meu pensamento realizar uma partida, mas, infelizmente, não tem legalidade os atletas que atuarem nesse jogo e aquele que perder pode reclamar na Justiça. Eu precisaria de um referendo da Fifa, coisa que demoraria muito tempo", explicou.

Na decisão do Campeonato Baiano-1999, o Bahia venceu o jogo de ida na Fonte Nova, por 2 x 0 e, depois, ingressou com uma ação na Justiça Comum para não disputar o jogo de volta, no Barradão.

No dia marcado, o Vitória se dirigiu ao Barradão, já que não fora oficialmente notificado sobre a decisão da Justiça, enquanto o Bahia foi para a Fonte Nova.

Desde então, o caso ficou sub-judice e agora, finalmente, terá uma definição da FBF. "Já conversamos com Bahia e Vitória e vamos mais uma vez fazer algumas gestões entre os dois clubes e daí ter uma definição total", afirma Ednaldo Rodrigues, para quem a decisão será ¿irrevogável¿, embora qualquer um dos clubes possa novamente recorrer à Justiça.

Redação Terra