inclusão de arquivo javascript

Futebol

 
 

Emerson e Juca são poupados no Botafogo

19 de abril de 2005 21h53

Emerson e Juca não participaram do coletivo do Botafogo desta terça-feira, realizado em Caio Martins.

O zagueiro estava com problemas estomacais e o meia, com dores musculares. Rafael Marques entrou na zaga, enquanto César Prates foi para o lugar de Juca no meio. Márcio Gomes entrou na lateral direita.

No entanto, os dois não devem ser problemas para a estréia do Botafogo no Campeonato Brasileiro, no próximo domingo, contra o Internacional, no Beira-Rio.

Juca e Emerson devem voltar aos treinamentos nesta quarta, com o restante do elenco. Guilherme, com estiramento de grau um na coxa esquerda, continua de fora e deve ser desfalque para a estréia.

O técnico Paulo César Gusmão garantiu que não pretende utilizar os jogadores que não estão em totais condições para treinar.

"Só vai botar o pé no gramado quem estiver 100%. Quero contar com quem estiver inteiro. O cara que vem do time reserva pode ficar na dúvida se vai jogar ou não se for assim. Isso é ruim para o desempenho dele nos treinamentos", disse Gusmão.

Scheidt

Scheidt treinou entre os titulares no coletivo desta terça-feira, no Caio Martins. No entanto, ele ainda não está confirmado como titular para a partida de estréia no Campeonato Brasileiro.

Apesar da indefinição, Paulo César Gusmão elogiou o desempenho do jogador. Ele era o capitão da equipe quando Bonamigo ainda comandava o time.

"O Scheidt está bem melhor física e tecnicamente. Mas ninguém ainda está no melhor da forma. Vamos esperar mais alguns treinos para definir a zaga titular para a estréia no Brasileiro", explicou o técnico.

Scheidt treinou ao lado de Rafael Marques, já que Emerson foi poupado do coletivo. O zagueiro discorda de Gusmão e explica que nunca achou que estivesse mal nos aspectos físico e técnico.

"O PC chegou e disse que eu não estava bem. Eu aceitei a opinião do treinador e continuei fazendo meu trabalho. Treinei até com mais empenho para recuperar minha posição", explicou.

A última partida de Scheidt foi no dia 23 de março, contra a Cabofriense. O Botafogo empatou em 3 a 3 e foi eliminado do Carioca.

Lancepress!