inclusão de arquivo javascript

Futebol

 
 

Jogador da seleção colombiana é assassinado

09 de janeiro de 2006 13h37 atualizado às 14h25

Atacante Becerra, em ação pela seleção colombiana. Foto: Reuters

Atacante Becerra, em ação pela seleção colombiana
Foto: Reuters

O atacante Elson Becerra, que defendeu a Colômbia nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2006, foi assassinado no último domingo num bar na cidade de Cartagena, no litoral do país. O jogador, 27 anos, defendia o Al Jazeera, dos Emirados Árabes.

Ex-goleiro do Flu morre em acidente

Segundo as informações da polícia, Becerra estava no bar com um grupo de amigos, quando um deles teria se envolvido numa briga. Segundo testemunhas, um desconhecido chegou perto do jogador e atirou. O atacante foi levado a um clínica próxima, mas chegou ao local sem vida.

Segundo um porta-voz policial, um amigo de Becerra, identificado como Alexander Ríos, também morreu pouco depois, em outro centro médico.

Becerra começou no Deportes Tolima e no Atlético Junior, antes de seguir para os Emirados Árabes. O jogador foi campeão da Copa América de 2001, pela Colômbia.

Não é a primeira vez que um jogador da seleção colombiana é assassinado. O zagueiro Escobar, que jogou a Copa de 1994, dos EUA, foi morto em briga de bar. Escobar havia marcado um gol contra na derrota por 2 a 1 para os donos da casa, pela primeira fase do Mundial.

Lancepress!