11 eventos ao vivo

Ortega nega ter organizado o roubo do próprio carro

23 abr 2013
20h46
atualizado às 21h18
  • separator
  • 0
  • comentários

O ex-jogador argentino Ariel Ortega revelou nesta terça-feira estar magoado com as acusações que surgiram após o roubo de seu luxuoso automóvel, em que pessoas afirmam que ele mesmo organizou o crime.

Em entrevista à emissora Pop Radio, o ex-jogador disse que "é preciso ser uma pessoa muito ruim" para dizer que ele mesmo forjou o assalto.

Ortega, que pendurou as chuteiras em agosto de 2012, afirmou que no sábado estava com seu carro, um BMW M1, avaliado em US$ 100 mil, e após sair da casa de um amigo foi interceptado pelos assaltantes.

"Me disseram para que fosse até minha casa buscar dinheiro, e avisei ao segurança para que chamasse a polícia", relatou.

Ortega confirmou que seu veículo ainda não foi encontrado e que nos próximos dias prestará depoimento sobre o ocorrido. Os investigadores da Polícia local estão verificando se o ex-jogador foi vítima de uma quadrilha que atua desde o ano passado em Buenos Aires.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade