0

Os 10 momentos de José Mourinho no comando do Real Madrid

20 mai 2013
18h43
atualizado às 18h47

Está chegando ao fim a passagem do técnico José Mourinho pelo Real Madrid, que começou em 31 de maio de 2010, e que durará até o fim desta temporada. Listamos abaixo os 10 momentos mais importantes do português no comando da equipe.

1. O campeonato dos recordes:.

Mourinho conquistou seu primeiro título espanhol em sua segunda temporada no Real Madrid, desbancando o Barcelona de Pep Guardiola, que havia sido tricampeão. E conquistou isso batendo recordes, como os 100 pontos alcançados e os 107 gols marcados, inéditos desde então.

2. A Copa do Rei conquistada diante do Barcelona:.

Foi seu primeiro título, o único em sua temporada de estreia, mas significou muito para o Real Madrid. Desde a temporada 1992/1993, o clube madrilenho não levantava esse troféu e fez isso diante do rival Barcelona. A cabeçada de Cristiano Ronaldo na prorrogação causou uma alegria nos torcedores que não foi vista novamente.

3. O dedo no olho de Tito Vilanova:.

Na partida de volta da Supercopa da Espanha na temporada passada, Mourinho colocou o dedo no olho de Tito Vilanova, então auxiliar técnico do 'Barça'. Essa foi a principal polêmica ao longo de seus três anos de clube, em que chegou a arranjar confusões internas, como com o ex-diretor-geral Jorge Valdano.

4. Os "bilhetes" de Mourinho:.

Ao longo de suas três temporadas no Real Madrid, Mourinho expôs para a imprensa por meio de bilhetes, o nome de juízes que prejudicaram a equipe, de pratas da casa que não haviam dado certo no clube desde 1999, e a lista de técnicos que haviam conquistado um lugar nas semifinais da Liga dos Campeões nos últimos 21 anos: "18 treinadores, cinco semifinais. Mourinho conseguiu 3 de 3", disse antes de enfrentar o Borussia Dortmund.

5. Troca de farpas com Guardiola:.

José Mourinho e Pep Guardiola chegaram a discutir. Mourinho acusou o espanhol de reclamar até quando os juízes acertavam, enquanto Guardiola chegou a usar palavras de baixo calão para rebater o rival. "É o que mais sabe no mundo e não quero competir", disse o então técnico do 'Barça'.

6. Campeão da Supercopa da Espanha:.

Foi seu terceiro e último título no clube madrilenho. Conquistou a competição em cima do 'Barça'. Primeiro, foi derrotado por 3 a 2 no Camp Nou e depois venceu por 2 a 1 no Santiago Bernabéu. As esperanças se aumentaram para a atual temporada, mas nenhum título veio.

7. As três semifinais da Liga dos Campeões:.

Mourinho chegou por três anos seguidos às semifinais da Liga dos Campeões, quebrando um jejum de quase uma década do Real sem passar das oitavas de final. No entanto, o time de Mourinho foi eliminado por Barcelona, Bayern de Munique e Borussia Dortmund, na ordem, e o treinador não conseguiu o 10º título do torneio continental para o clube.

8. Problemas com Casillas:.

Quando Casillas chamou Xavi para fazer as pazes após um confronto entre Real Madrid e Barcelona, a relação entre o capitão madrilenho e Mourinho começou a se arruinar. No fim das três temporadas, Casillas terminou no banco de reservas, primeiro sendo reserva Antonio Adán e depois de Diego López.

9. A saída de Valdano do clube:.

Na apresentação de Mourinho como técnico do Real, ele e Jorge Valdano lembraram de um artigo que o argentino escreveu criticando o estilo do português. Depois, ao longo do ano, a relação foi se deteriorando até que o ex-jogador teve que abandonar o clube. Vários foram os confrontos entre ambos, e um dos principais foi quando o Valdano não atendeu o pedido de José Mourinho para contratar um atacante.

10. A goleada sofrida para o Barcelona no Camp Nou:.

Foi sua primeira grande derrota, logo em sua primeira temporada. O Real Madrid visitou o 'Barça' e foi goleado por 5 a 0. Depois, Mourinho conseguiu equilibrar os duelos com o rival e perdeu apenas um dos últimos oito jogos para os catalães.

EFE   
publicidade