0

Ponte tenta manter vantagem na Colômbia para chegar às quartas da Sul-Americana

21 out 2013
18h14

Penúltima colocada do Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta deixará de lado a luta contra o rebaixamento nesta terça-feira ao enfrentar o Deportivo Pasto na Colômbia pela oitavas de final da Copa Sul-Americana, com a vantagem de ter vencido o primeiro jogo por 2 a 0.

Na ocasião, a 'Macaca' disputava no estádio Moisés Lucarelli sua primeira partida internacional, e decidiu a partida com gols marcados por Uendel e Fellipe Bastos em cobranças de falta.

O duelo desta terça-feira está marcado para as 19h15 locais (22h15 no horário de Brasília) no estádio Departamental Libertad, com capacidade para 22.300 torcedores.

Além do Deportivo, os campineiros terão que enfrentar os 2.560 m de altitude da cidade de Pasto situada a cerca a 970 quilômetros ao sudoeste da capital Bogotá.

Com o resultado do primeiro jogo, a Ponte pode garantir a vaga até se perder por um gol de diferença.

O time comandado por Jorginho viajou para a Colômbia na manhã de domingo, depois do empate em 1 a 1 com o Fluminense no Maracanã.

Mesmo com a perspectiva de um duelo crucial do próximo domingo contra o Vasco, outro time que luta contra o rebaixamento, o atacante Leonardo avisou que a Ponte entrará 100% focada na competição continental.

"Temos que esquecer um pouco do Brasileiro agora. Esquecer e focar na Sul-Americana, que é uma competição importante, de tiro rápido. Vamos fazer um bom jogo e sair com a classificação", explicou o jogador em entrevista publicada no site oficial do clube.

Já o volante Baraka se recusou a falar sobre o Vélez Sarsfield, da Argentina, que será o próximo adversário dos campineiros caso consigam a classificação para as quartas de final.

"Sabemos que este confronto com o Deportivo será uma grande partida, um jogo de detalhes e precisamos pensar nele agora. Passando por essa fase, aí sim podemos pensar no Vélez", afirmou.

"A equipe deles trabalha bem a bola, tem qualidade, mas também mostramos isso dentro de casa e temos que entrar da mesma forma aqui em Pasto, ligados, e assim conseguiremos a classificação", completou.

Ao contrário da Ponte, o Deportivo Pasto está em boa posição do torneio final da Colômbia, do qual é vice-líder, mas tropeçou na última sexta-feira ao empatar em 2 a 2 com o Huila.

Mesmo contando com o apoio da sua torcida, o técnico Flabio Torres sabe que seu time precisará se superar para reverter os dois gols de vantagem dos paulistas.

"Será um jogo difícil, porque enfrentamos uma equipe que sempre joga bem apesar de não ocupar uma boa posição no seu campeonato", comentou o treinador.

"Esperamos marcar um gol rápido para complicar logo a tarefa deles, porque sabemos que os brasileiros costumam sofrer com a altitude", avisou o meia Oscar Villota, principal articulador de jogadas do time.

O trio de arbitragem será venezuelano, com o juiz Marlon Escalante auxiliado por Luis Sánchez e Luis Murillo.

Deportivo Pasto: Lucero Álvarez - Marlon Piedrahita, Yerri Mina, Camilo Pérez, John Jairo Montaño - Luis Carlos Murillo, Nicolás Palacios, Fram Pacheco, Fausto Obeso - Sebastián Villota e Julián Lalinde. T: José Flabio Torres.

Ponte Preta: Roberto - Regis Souza, Ferron, Diego Sacoman, Uendel - Baraka, Fellipe Bastos, Elias e Adrianinho, - Leonardo, William. T: Jorginho.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

publicidade
publicidade