5 eventos ao vivo

Preparador físico diz que situação de Maradona é irreversível

27 jul 2010
16h53

"A situação é irreversível". Com esta declaração, o preparador físico da seleção argentina, Fernando Signorini, definiu o momento de Maradona no comando da equipe. Segundo Signorini, o problema foi devido a divergências com o presidente da Associação do Futebol Argentino (AFA), Julio Grondona.

"Grondona está acostumado a impor, mas deveria agradecer a Diego. A situação é irreversível", disse Signorini em entrevista ao canal de televisão Fox Sports.

Segundo o preparador, Julio Grondona impôs saída de alguns membros da comissão técnica, mesmo sabendo que Maradona era contra.

"Ninguém é tão ingênuo para pensar que Diego suportaria isso. Não tenho nenhuma dúvida que não o queriam, Maradona é como uma pedra no sapato para o poder", finalizou o preparador que integrou a comissão técnica argentina na última Copa do Mundo, quando a equipe foi eliminada nas quartas de final após ser goleada pela Alemanha por 4 a 0.

Mesmo com o momento conturbado, Maradona não acredita que Carlos Bilardo, gerente geral de seleções, tenha nada a ver com as condições impostas pelo presidente da AFA.

Maradona ainda não deu a resposta definitiva sobre o seu futuro à frente da seleção argentina
Maradona ainda não deu a resposta definitiva sobre o seu futuro à frente da seleção argentina
Foto: Getty Images
Fonte: Lancepress!
publicidade