0

Ricardo Berna considera "reconhecimento" jogar contra Vasco

1 dez 2012
09h37
atualizado às 11h02
  • separator
  • comentários

Às vésperas do último clássico do Fluminense no ano de 2012 - contra o Vasco, no domingo, às 17h - o goleiro Ricardo Berna considerou um reconhecimento o fato dos reservas poderem atuar na partida final do Campeonato Brasileiro.

"É um reconhecimento do trabalho feito desde o início. Essa equipe participou de algumas partidas no Carioca (no qual o Fluminense também foi campeão) e foi eficaz, isso é bastante gratificante. Não dá pra negar que é diferente disputar um campeonato, mas não deixa de ser uma conquista pessoal para a gente", declarou.

Berna creditou o bom trabalho ao técnico Abel Braga: "ele esteve onde estamos hoje, pois jogou. Sabe o que a gente gosta, incomoda, essa medida toda ele sabe fazer muito bem. Conhece muito, sabe montar equipe, tem material muito bom na mão. Resultados mostram competência. Como integrante do grupo, fui dos primeiros que defendeu a vinda dele, até porque em 2005 eu estava aqui. Sabia da capacidade dele, mas naquela vez não conseguimos objetivo. Trabalhei ano todo e defendi quando ele estava para voltar".

Ao ser perguntado sobre o fato de ser o goleiro que está há mais tempo em um dos quatro grandes clubes do Rio de Janeiro (chegou ao Fluminense em 2005), Ricardo Berna se mostrou surpreso:

"Não fiz a conta e se fizer acho que vou ficar chateado, pode soar como velho e estou novinho ainda. Fico feliz de ouvir referências como essa. Chegar no Fluminense, me manter, e, se não me engano, chegar ao meu quinto contrato aqui no clube, é uma realização que qualquer jogador deseja ter na carreira. Almejo muita coisa. Nunca me entreguei", confessou.

 

Fonte: Lancepress! Lancepress!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade