Futebol

publicidade
03 de abril de 2014 • 20h59 • atualizado em 03 de Abril de 2014 às 21h02

Rogério Ceni anuncia aposentadoria do futebol no fim deste temporada

 

O goleiro Rogério Ceni, do São Paulo, maior artilheiro da história do futebol entre os jogadores da posição, anunciou nesta quinta-feira que encerrará a carreira no fim deste ano, quando termina o vínculo contratual com o clube.

"Não vou postergar. Este é meu último ano, e não só do São Paulo, mas como atleta profissional de futebol", revelou o atleta, em entrevista coletiva concedida no centro de treinamento do Tricolor.

Ceni, de 41 anos, aceitou dois anos atrás adiar a aposentadoria e renovar contrato. O ídolo são-paulino admitiu, no entanto, que espera um fim de ano diferente ao de 2013, que acabou sem conquistas de títulos e com muitos problemas físicos.

"Honestamente, estou me sentindo melhor do que no primeiro semestre de 2014 do que no de 2013. Foi meu ano mais difícil, porque o lado emocional foi muito pesado. Espero que tenhamos um caminho diferente em 2014", afirmou.

O goleiro está no São Paulo desde 1990, e desde então fez 1.119 partidas oficiais. Ao todo, marcou 113 gols. O grande momento na carreira foi em 2005, quando foi o maior nome da conquista do Campeonato Mundial de Clubes, um dos 17 títulos que venceu no São Paulo.

Além disso, foi goleiro reserva do Brasil na Copa do Mundo de 2002.

EFE EFE - Agencia EFE - Todos os direitos reservados. Está proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agencia EFE S/A.