7 eventos ao vivo

Rui Costa: 'O Benfica não pode ficar apenas com os aplausos'

22 mai 2013
13h52

O Benfica levou dois vice-campeonatos na semana passada, da Liga Europa e do Campeonato Português. O técnico Jorge Jesus quis valorizar a temporada, rechaçando que o Encarnado teria morrido na praia, e que os aplausos da torcida diziam isso. Mas para Rui Costa, ex-jogador e gerente de futebol, isto não é suficiente.

- A reação do público demonstra que foi uma temporada positiva e que as pessoas gostaram da atitude do time. Se isso nos deixa contentes? Não, o Benfica não pode chegar ao fim só com aplausos dos torcedores - começou o ídolo encarnado.

O Benfica ainda tem uma final para disputar. Neste domingo, enfrenta o Vitória de Guimarães pela Taça de Portugal no tradicional Estádio do Jamor. Para Rui Costa, o troféu não está em jogo para "salvar o ano".

- Tivemos um ano em que lutamos até o fim em todos os torneios, menos apenas na Taça da Liga. Não está em causa ganhar a Taça para salvar a temporada. Está em causa ganhar uma Taça de Portugal, ponto - garantiu o ex-jogador, que não coloca o Benfica como favorito:

- Sei o que representa estar no Jamor. Não há fantasmas, nem pode haver. Em uma final, não há favoritos, mas duas equipes lutando por um troféu. Mas temos de assumir nossas responsabilidades e objetivos. Temos que ser superiores em campo, e não favoritos.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade