1 evento ao vivo

Santos faz mistério, mas lucra com 'caixa preta' na venda de Neymar

26 jun 2013
17h13

Após acertar a transferência de Neymar ao Barcelona, o Santos comunicou que recebeu 17 milhões de euros (cerca de R$ 49 milhões), a serem repassados para DIS (40%) e Teisa (5%). Deste valor, ficou com apenas 9 milhões de euros (R$ 26 milhões). Pouco para um dos principais jogadores do mundo, certo? Só que não foi bem assim. Aos poucos, no entanto, e sob mistério da diretoria e conselheiros do clube, que não autorizaram a entrada de sócios e jornalistas no Conselho Fiscal da transação, uma "caixa preta" vem sendo desvendada na Vila Belmiro e os ganhos do Peixe no negócio vão crescendo. Nesta quarta-feira, com a confirmação do Barcelona, mais um detalhe do contrato foi revelado: se Neymar ganhar a Bola de Ouro da Fifa, a equipe alvinegra ganhará um "bônus gordo" pelo prêmio. O montante, no entanto, não foi divulgado.

E MAIS:

Em busca de lateral-esquerdo, Santos volta a negociar com chileno Mena

Por R$ 23 milhões, Peixe acerta a venda de Felipe Anderson à Lazio

O Peixe disputará ainda dois amistosos contra os catalães, a serem realizados na Espanha (dia 2 de agosto) e no Brasil, com local e datas a serem definidos. Segundo o Barça, o amistoso no Camp Nou deve render, pelo menos, R$ 11,5 milhões ao cofre alvinegros. O LANCE!Net apurou também que o clube catalão exerceu a preferência de compra de três jogadores da base do Peixe. Com o acordo, os espanhóis pagaram menos pela compra de Neymar, o Peixe deu um "chapéu" na DIS, eterna rival, e firmou um negócio por um valor não revelado. Em meio aos mistérios nas negociações, o Barcelona afirma que foram gastos 57 milhões de euros, cerca de R$ 160 milhões, na operação. Do total, 10 milhões de euros (cerca de R$ 27,7 milhões) teriam sidos adiantados ao atleta.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade