11 eventos ao vivo

Seedorf tem grande atuação, garante vitória do Botafogo e expulso no fim

24 mar 2013
18h04

Com uma bela atuação de Seedorf, que cobrou falta que resultou em um gol e fez o outro, o primeiro dele em Moça Bonita, o Botafogo venceu o Madureira, por 2 a 1, neste domingo, pela segunda rodada da Taça Rio. O outro gol alvinegro saiu de uma cabeçada de Dória. Jean descontou para o Madureira.No fim do jogo, o holandês foi expulso, por um ero do juiz. A primeira expulsão de sua carreira.

Com a vitória, o Botafogo garante a primeira colocação no Grupo A, com seis pontos ganhos. Já o Tricolor Suburbano, ainda não conseguiu pontuar e está na lartena do chave.

Nesta segunda-feira, às 15h, os jogadores do Botafogo se reapresentam no Engenhão. O elenco inicia a prepração para para o jogo de quinta-feira, às 19h30, pela terceira rodada da Taça Rio. Já o Madureira, volta a jogar na quarta, às 16h, em Conselheiro Galvão contra o Volta Redonda.

PRIMEIRO TEMPO: PÊNALTI DESMARCADO E BOTAFOGO NA FRENTE

Com o desfalque de Lodeiro, que está com a seleção uruguaia, para a disputa de dois jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, o Botafogo foi a Moça Bonita, enfrentar o Madureira, pela segunda rodada da Taça Rio. Sem o uruguaio, Oswaldo de Oliveira escalou Vitinho. No Tricolor Suburbano, os destaques eram o zagueiro Fernando e o atacante Jean.

Apesar de o primeiro lance perigoso do jogo ter sido do Madureira, com Derley, aos 3 minutos, o Botafogo logo passou a tomar conta do jogo. Sem Lodeiro, o meio-campo alvinegro perdeu em quantidade e qualidade, já que Vitinho jogava mais à frente ao lado de Rafael Marques.

Mesmo dominando o jogo, o Botafogo não conseguia chegar ao gol de Márcio. Isso durou até os 31 minutos. Seedorf deu lindo passe para Rafael Marques. O atacante driblou Fernando e foi derrubado pelo zagueiro. O holandês pegou a bola e ajeitou para bater. Depois de muitas reclamações por parte do Madureira, o árbitro voltou atrás e cancelou a marcação da penalidade para o desespero dos alvinegros. No entanto, no início da jogada, Seedorf estava impedido.

A postura do árbitro irritou os botafoguenses e por reclamação, Marcelo Mattos recebeu cartão amarelo. O mesmo ocorreu com Lucas, mas este, foi advertido por falta violenta. Passadas as trubulências com o Botafogo, Derley recebeu passe na área, driblou Jefferson e foi derrubado pelo goleiro, mas o impedimento já havia sido marcado.

O jogo seguiu e aos 42, Fellype Gabriel foi derrubado na lateral esquerda. Seedorf bateu na cabeça de Dória, que abriu o placar. Ainda teve tempo para Rafael Marques cabecear uma bola e obrigar o goleiro a fazer uma linda defesa.

SEGUNDO TEMPO: JEAN EMPATA, MAS SEEDORF GARANTE A VITÓRIA

No segundo tempo, o Botafogo começou no ataque novamente. Aos 5 minutos, Seedorf cobrou falta com categoria e obrigou o goleiro Márcio A fazer ótima defesa. No entanto, o Madureira começou a se aproveitar dos espaços que a defesa alvinegra dava. Aos 12, Jean recebeu lançamento, dividiu com Jefferson e empatou o jogo.

Apesar de sofrer o empate, o Botafogo retomou novamente as ações ofensivas da partida e aos 22, Rafael marques dividiu com o goleiro, no rebote, Seedorf fez o seu quinto gol no Campeonato Carioca. Depois do segundo gol, o Botafogo administrou o resultado e esperou o apito finbal do árbitro. O Madureira, por sua vez, tentou uma reação no fim do jogo, mas com a defesa segura, o Alvinegro garantiu mais três pontos no Estadual.

FICHA TÉCNICA

MADUREIRA 1 X 2 BOTAFOGO

Local: Moça Bonita, Rio de Janeiro (RJ)

Data-Hora: 24/3/2013 - 16h (de Brasília)

Árbitro: Philip Georg Bennett (RJ)

Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)

Cartões amarelos: Marcelo Mattos, Lucas (BOT)

Cartão Vermelho: Rodrigo (MAD), Seedorf (BOT)

Gols: Dória 42'/1ºT (0 a 1), Jean 12'/2ºT (1 a 1), Seedorf 23'/2ºT(1 a 2)

Público e renda:

MADUREIRA: Márcio; Renan, Leozão (Daniel 37'/2ºT), Fernando e Gabriel; Gilson, Ramon, Chaparro (Jonatan 24'/2ºT) e Rodrigo; Jean e Derlei (Jairo 5'/2ºT) - Técnico: Alexandre Gama.

BOTAFOGO: Jefferson; Lucas, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos e Gabriel; Fellype Gabriel, Seedorf e Vitinho (Cidinho 19'/2ºT) (André Bahia 49'/2ºT); Rafael Marques (Bruno Mendes 41'/2ºT) - Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade