0

Sem Ferguson, United inicia campanha para se manter no topo na Inglaterra

15 ago 2013
16h46

Vencedor de quatro das últimas seis edições do Campeonato Inglês e atual campeão, o Manchester United iniciará neste sábado, na visita ao Swansea, sua primeira participação no torneio nacional sem o comando do técnico Alex Ferguson desde 1986.

Sob a batuta do escocês, o United levou a melhor no Inglês 13 vezes e se tornou o dono do maior número de títulos ingleses, com 20 conquistas, desbancando o Liverpool. No entanto, a 'Era Ferguson' acabou após a aposentadoria do técnico, que foi substituído pelo compatriota David Moyes.

Moyes já começa a defesa do título pressionado, já que sua contratação fez com que o atacante Wayne Rooney, seu desafeto, mas maior jogador do elenco atual dos 'Diabos Vermelhos', desejasse sair.

Faltando ainda duas semanas para o fim da janela de transferências na Europa, Rooney tem destino incerto. O Chelsea fez duas propostas para contar com o jogador, mas ambas foram rejeitadas.

Os 'Blues' também têm novidades. As arquibancadas do estádio Stamford Bridge receberam de volta o técnico José Mourinho, pelo qual os torcedores pediram durante toda a última temporada, principalmente durante a passagem do espanhol Rafa Benítez pelo clube.

Mourinho volta ao clube pelo qual foi bicampeão inglês, em 2005 e 2006. Junto a ele, chegam dois meias promissores, o alemão

André Schürrle e o holandês Marco van Ginkel. Os dois poderão vestir a camisa azul pela primeira vez de maneira oficial no próximo domingo, quando o Chelsea receberá o Hull City, que retorna à elite após três anos.

Outro que passou por grande reforma foi o Manchester City, atual vice-campeão. As mudanças também começaram no banco de reservas, onde Roberto Mancini deu lugar a Manuel Pellegrini, que estava no Málaga.

Após uma decepcionante participação na última Liga dos Campeões, os 'Citizens' investiram 115 milhões de euros em reforços, entre eles o meio-campista Fernandinho, que estava no Shakhtar Donetsk. O brasileiro deverá ser titular contra o Newcastle, na próxima segunda-feira, no estádio Etihad.

Já o Arsenal, que vive jejum de oito anos sem títulos, foi o grande inglês que menos se movimentou no mercado até agora, contratando apenas a promessa francesa Yaya Sanogo. Com a base da temporada passada, os 'Gunners' medirão forças com o Aston Villa no estádio Emirates, também no sábado.

No mesmo dia, o Liverpool receberá o Stoke City. O clube da Inglaterra que mais venceu a Liga dos Campeões sonha voltar ao torneio continental depois de quatro edições fora. Para isso, contratou o goleiro Simon Mignolet, o zagueiro Kolo Touré e as promessas espanholas Luis Alberto e Iago Aspas.

A primeira rodada terá ainda a estreia oficial do volante Paulinho pelo Tottenham. O volante da seleção brasileira, eleito Bola de Bronze da Copa das Confederações, provavelmente começará jogando contra o Crystal Palace no domingo.

O Campeonato Inglês terá como principal novidade a tecnologia na linha do gol. Os organizadores da competição assinaram um contrato de cinco anos com a empresa Hawk-Eye, que instalou 14 câmaras em cada estádio da primeira divisão, num sistema usado no último Mundial de Clubes na Copa das Confederações que permite que os árbitros saibam quase instantaneamente se uma bola entrou ou não.

Programação da 1ª rodada do Campeonato Inglês:.

Sábado.

Liverpool - Stoke City.

Arsenal - Aston Villa.

Norwich - Everton.

Sunderland - Fulham.

West Bromwich - Southampton.

West Ham - Cardiff.

Swansea - Manchester United.

Domingo.

Crystal Palace - Tottenham.

Chelsea - Hull City.

Segunda-feira.

Manchester City - Newcastle.

EFE   

compartilhe

publicidade