3 eventos ao vivo

Sem Ganso e com Cañete entre os 11, São Paulo encara a invicta Ponte Preta

5 fev 2013
18h25
atualizado às 18h27

O técnico Ney Franco surpreendeu e escalou o meia argentino Cañete na equipe titular do São Paulo diante da Ponte Preta, nesta quarta-feira, às 22h, no estádio do Morumbi, pela sexta rodada do Paulistão Chevrolet. Com isso, o camisa 8 Ganso, personagem do último jogo do Tricolor diante do Santos, voltou ao banco de reservas. Sem Luis Fabiano, o treinador preferiu Aloísio. Já Ceni, com dores no ombro esquerdo, foi poupado e Denis segue no gol.

Por conta dos confrontos na Libertadores, o clube do Morumbi teve dois jogos no Estadual adiados. O Tricolor aparece na nona posição, com seis pontos. Já a Ponte Preta, invicta no torneio, é a vice-líder, com 13 pontos, perdendo apenas no saldo de gols para o Santos.

GANSO NO BANCO! CAÑETE É TITULAR!

O técnico Ney Franco ainda busca a formação ideal para o São Paulo. Com isso, preteriu o meia Paulo Henrique Ganso para o confronto diante da Macaca e escalou o argentino Cañete na posição. Já no setor ofensivo, sem Luis Fabiano, que integra a Seleção Brasileira para o amistoso desta quarta-feira, diante da Inglaterra, em Londres, o treinador optou pelo atacante Aloísio, reserva imediato de Luis Fabiano.

Outro desfalque do Tricolor é o goleiro Rogério Ceni. Com dores no ombro esquerdo, foi vetado do clássico do último domingo. Por conta dessa inflamação, o goleiro tem realizado tratamentos periódicos e a chance de ele entrar em campo é pequena. Mais um chance para Denis, titular diante do Santos.

Após duas derrotas consecutivas - diante do Bolívar (BOL), pela Libertadores, e o clássico contra o Santos, no Paulista -, o Tricolor tem a seu favor o bom retrospecto no Morumbi para voltar a vencer. O clube do Morumbi está há 16 jogos invictos no estádio. Coincidentemente, a invencibilidade começou em um 3 a 0 em cima da Ponte Preta, pelo Campeonato Brasileiro.

O zagueiro Paulo Miranda, improvisado na lateral-direita, foi outro jogador que perdeu vaga na equipe. O lateral Douglas ganhou uma oportunidade.

MACACA ESTÁ INVICTA

O técnico Guto Ferreira terá os desfalques do volante Bruno Silva, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e do meia Ramirez, que defenderá a seleção do Peru no amistoso contra Trinindad e Tobago. Para a vaga de Bruno Silva, Memo, que vem entrando no decorrer dos jogos, deverá fazer sua estreia como titular.

Já no lugar de Ramirez, Wellington Bruno, que iniciou o campeonato como titular, é o favorito para ser o substituto. No entanto, a boa atuação de Diego Rosa em sua estreia contra o Penapolense, na última quarta-feira, quando marcou o segundo gol da equipe, o credenciou para entrar na briga pela vaga. O treinador pontepretano ainda não confirmou quem assumirá a camisa 10.

O meia Cicinho e o atacante William foram poupados dos treinamentos, mas não devem ser problemas para a partida. Guto Ferreira elogiou a qualidade do adversário e depositou confiança nas peças de reposição de sua equipe.

- Mais um jogo difícil, contra um time que perdeu um clássico, mas todos sabem da sua qualidade. Campeonato Paulista não tem jogo fácil. O Ney Franco é inteligente, trabalha bem, o que aumenta a dificuldade. Temos desfalques, mas confiamos em quem vai entrar - declarou.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO X PONTE PRETA

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)

Data/horário: 6/2/2013, às 22h (horário de Brasília)

Árbitro: José Claudio Rocha Filho

Assistentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira e Edson Rodrigues dos Santos

SÃO PAULO: Denis, Douglas, Lúcio, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson; Cañete, Aloísio e Osvaldo. Técnico: Ney Franco.

PONTE PRETA: Edson Bastos; Artur, Cleber, Ferron e Uendel; Baraka, Cicinho, Memo e Wellington Bruno (Diego Rosa); William e Chiquinho. Técnico: Guto Ferreira.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade