PUBLICIDADE

Sem torcidas visitantes, Campeonato Argentino começa nesta sexta-feira

2 ago 2013 13h55
Publicidade

Com alguns aspectos bem distintos começa nesta sexta-feira com dois jogos a temporada 2013/14 do Campeonato Argentino. Entre os pontos a ser destacados estão a ausência pela primeira vez do Independiente, rebaixado à B Nacional, a proibição da presença de torcedores visitantes nos estádios e a volta do reconhecimento de dois campeões nacionais por temporada estão entre as mudanças.

Além da não presença de torcedores visitantes, nas duas primeiras rodadas apenas os sócios dos clubes poderão ir aos estádios. Não haverá venda de ingressos ao torcedor comum.

As medidas, anunciadas pelo governo argentino nesta semana, foram bastante criticadas por oposicionistas e analistas. Primeiro porque não evita a entrada dos barras-bravas nos estádios, uma vez que os mesmos são associados dos clubes, e segundo porque os últimos episódios de violência envolvendo o futebol ocorreram em disputas internas pelo poder nas barras.

Titular da pasta de segurança da província de Buenos Aires, Ricardo Casal, defendeu a medida do governo. Ele alegou em entrevista ao canal argentino Todo Notícias que a permissão da entrada somente de associados nos estádios será boa para os clubes.

- Vai gerar mais associados às instituições, que ganhariam mais dinheiro. Vamos separar o joio do trigo ao dizer que irão ao estádio apenas os associados - disse Casal.

Há, no entanto, outro problemas. Alguns clubes, como o Boca Juniors, possuem mais associados que lugares em seu estádio. Além disso, a não venda de entradas para o torcedor comum poderá gerar prejuízos a um futebol já combalido economicamente.

- O prejuízo poderá ser de 200 a 250 milhões de pesos (R$ 83 milhões a R$ 103,9 milhões) se não vendermos entradas para os não sócios - disse o presidente do San Lorenzo, Marcelo Tinelli.

O torneio

Na última temporada houve a disputa da Superfinal entre os campeões do Torneio Inicial (Vélez) e do Torneio Final (Newell's). O vencedor deste duelo, no caso o Vélez Sarsfield, foi aclamado como campeão da temporada.

Mas após pressão de vários clubes, a Associação do Futebol Argentino (AFA) resolveu voltar ao sistema de dois campeões nacionais por temporada. Porém não acabou com a Superfinal.

A partida em questão continuará reunindo os dois campeões, passará a se chamar Copa Campeonato e dará ao vencedor o direito de disputar a Supercopa Argentina contra o campeão da Copa Argentina.

Campeonato Argentino - Torneio Inicial (1ª rodada)

Sexta-feira (02/08)

Godoy Cruz x Argentinos Juniors

Arsenal x Estudiantes

Sábado (03/08)

All Boys x Atlético Rafaela

Tigre x Vélez Sarsfield

Colón x Racing

Domingo (04/08)

San Lorenzo x Olimpo

Lanús x Belgrano

Gimnasia x River Plate

Rosario Central x Quilmes

Terça-feira (13/08)

Boca Juniors x Newell's

Fonte: Lancepress! Lancepress!
Publicidade