7 eventos ao vivo

Simeone vê tratamentos diferentes entre Messi, C. Ronaldo e Falcao

13 nov 2012
09h05
atualizado às 10h00

Com a possibilidade de ser o melhor jogador de 2012, mesmo remotamente, Falcao não recebe o mesmo tratamento que os seus concorrentes Messi e Cristiano Ronaldo recebem. Pelo menos é o que afirmou o técnico do Atlético de Madrid, Diego Simeone, que pediu justiça aos árbitros para o atacante.

Falcão García foi um dos indicados ao Prêmio Bola de Ouro da FIFA
Falcão García foi um dos indicados ao Prêmio Bola de Ouro da FIFA
Foto: Getty Images

"Quando tocam no Messi ou no Cristiano, é falta. E isto não acontece com o Falcao. Tiram o potencial dele com uma forma de jogo que não é válida", lamentou o treinador, reclamando de faltas não marcadas sobre o colombiano neste final de semana, contra o Getafe, pelo Campeonato Espanhol.

E Simeone tem certa razão, já que os números apontam para uma desigualdade entre o colombiano e os astros do Barcelona e do Real Madrid. Analisando um mesmo número de partidas, Falcao tem 77 faltas sofridas contra 116 de Cristiano Ronaldo e 109 de Messi.

No próximo dia 7 de janeiro, em Zurique, na Suíça, a Fifa, através do prêmio Bola de Ouro, elegerá o melhor jogador deste ano. Além de Messi, Cristiano e Falcao, Neymar e outros 19 concorrerão. Mesmo com grande campanha do Atlético de Madrid, Falcao deverá ver algum dos "protegidos" erguer o troféu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade
publicidade