Boletim
Receba todas as novidades por email

 Fale conosco
Envie suas sugestões ao canal
Sul-Americana 2005
Quarta, 17 de agosto de 2005, 21h23  Atualizada às 00h29
Cruzeiro faz 3 a 1 no Juventude em Caxias do Sul
 
Fotocom.net/Divulgação
Jogadores comemoram gol do Cruzeiro
Jogadores comemoram gol do Cruzeiro
Galeria de fotos
» Veja fotos
 Últimas de Sul-Americana 2005
» "Boca ganhou com o coração", diz Maradona
» Festa do Boca termina com mortos, feridos e detidos
» Basile comemora terceiro título no Boca Juniors
» Boca vence nos pênaltis e é bi da Sul-Americana
Busca
Busque outras notícias no Terra:
O Cruzeiro venceu fora de casa o Juventude por 3 a 1, no primeiro confronto entre as duas equipes, válido pelas eliminatórias brasileiras (fase inicial) da Copa Sul-Americana.

Veja fotos
Veja a tabela da competição

As duas equipes voltam a se enfrentar no dia 31 de agosto (quarta-feira), no Mineirão. O Cruzeiro pode perder por um gol de diferença nesta partida que se classifica. O vencedor desse duelo enfrentará o Vélez Sarsfield, no dia 14 de setembro, pela fase final da competição.

O atacante Diego foi o grande destaque da partida, ao marcar dois dos três gols do time mineiro. O técnico Paulo César Gusmão optou por escalar um time misto neste confronto, priorizando o Brasileiro.

Diego abriu o placar para os visitantes aos 9min do primeiro tempo, ao completar bem um contra-ataque. O meia Tucho, numa bela cobrança de falta, empatou a partida, aos 22min.

Aos 33min, o meia Martinez colocou o Cruzeiro novamente em vantagem, driblando o goleiro Doni e tocando para o gol. Quatro minutos depois, Diego fez mais um, completando um rebote do chute de Martinez.

O jogo

Sem Maldonado e Fábio Santos e com Fred, Adriano, Kelly e o goleiro Fábio no banco de reservas, o Cruzeiro abriu o placar logo aos 9min.

O atacante Diego, que substituiu Fred, saiu da marcação e na entrada da área chutou, sem defesa para Doni: 1 a 0.

Aos 22min, o Juventude conseguiu o empate. Tucho bateu falta, a bola quicou na frente de Arthur e entrou.

Entusiasmado com o gol de empate e com o apoio da torcida, o Juventude ainda chegou por duas vezes muito perto de ampliar o placar, mas deixou que o Cruzeiro o fizesse, quando Irineu lançou Martinez sozinho. Em um belíssimo lance, o meia driblou Doni e chutou no canto direito do gol gaúcho.

Cruzeiro ampliou o placar cinco minutos depois. Aos 37 minutos, Louzada recebeu bola e chutou. Doni rebateu, mas Diego, de rebote, não perdoou.

Debaixo de chuva, no segundo tempo, o ritmo do jogo caiu e a marcação aumentou. Com isso, houve poucos lances de perigo, mas dois motivos de preocupação para o Cruzeiro.

Logo aos 5min, o atacante Diego sentiu contusão e foi substituído por Weldon. O substituto teve duas chances de marcar. Aos 24min, na melhor delas, o atacante tentou driblar o goleiro Doni, e perdeu um gol incrível.

Cinco minutos depois, e outra substituição no Cruzeiro. Zé Carlos e Arthur trombaram na área, e o goleiro saiu de campo sangrando. Ele levou seis pontos na cabeça. Fábio entrou em seu lugar, e garantiu o placar para os visitantes.

Ficha Técnica
Juventude 1 x 3 Cruzeiro
Equipes

Doni
Chicão
Antônio Carlos
Daniel
Jardel
(Leandro Moreno)
Lauro
Jaílson
Túlio Souza
Caíco
(Diego Campos)
Tucho
(Magal)
Zé Carlos

Técnico:
Sebastião Lazaroni

Artur
(Fábio)
Leandro
Moisés
Irineu
Jonathan
Diogo
Marabá
Martinez
(Kelly)
Wágner
Diego
(Weldon)
Adriano Louzada

Técnico:
Paulo César Gusmão

Gols

22min - 1º tempo
Tucho

9min - 1º tempo
Diego
33min - 1º tempo
Martinez
37min - 1º tempo
Diego
Cartões Amarelos
Antônio Carlos Leandro
Martinez
Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Árbitro: Edílson P. de Carvalho (SP)

Com Lancepress
 

Redação Terra