Sul-Americana 2007

Sul-Americana 2007

Quinta, 27 de setembro de 2007, 22h19  Atualizada às 22h58

Botafogo leva gol nos acréscimos e é eliminado

EFE

Falcao marcou três vezes e foi imprescindível para o River Plate
Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:

Com um gol nos acréscimos da partida, marcado por Falcao, o River Plate derrotou o Botafogo por 4 a 2, nesta quinta-feira, na Argentina, se classificando de forma heróica para as quartas-de-final da Copa Sul-Americana e eliminando o time brasileiro da competição continental.

» Veja as fotos
» Confira a tabela
» Veja a artilharia
» Veja as últimas do Botafogo

Agora, os comandados de Daniel Passarella aguardam a definição do confronto entre Defensor, do Uruguai, e El Nacional, do Equador, para conhecer seu rival nas quartas. O time uruguaio venceu a partida de ida por 3 a 0.

Com o apoio da torcida, o River iniciou o jogo pressionando o Botafogo, que se segurou e ainda abriu o placar da partida aos 10min, quando Túlio cruzou para a área, a zaga adversária não afastou e Lucio Flavio marcou.

O River Plate, porém, balançou a rede do Botafogo aos 31min. Após cruzamento da direita na primeira trave, Falcao se antecipou a Renato Silva e, de cabeça, deixou o jogo novamente empatado, sem dar chances de defesa a Max.

Para piorar a situação do Botafogo, Zé Roberto deu um carrinho perigoso e levou um amarelo. No minuto seguinte, o meia entrou forte em Ahumada e foi expulso de campo, deixando o time alvinegro com um a menos em campo.

Em vantagem numérica, o River virou um assíduo freqüentador do campo de ataque e só não virou o marcador no primeiro tempo graças a Max, que, com boas defesas, salvou o Botafogo de levar seu segundo gol.

Na etapa final, Lussenhoff foi expulso de campo aos 10min e deixou o jogo em igualdade numérica, para satisfação do Botafogo, que ainda viu Dodô marcar para os cariocas, aos 20min, aproveitando passe de Joílson.

O time da casa ainda teve outro jogador expulso aos 27min, quando Ahumada acertou o tornozelo de Dodô e foi expulso de campo. Irritada com a atuação da sua equipe, a torcida do River Plate aplaudiu a decisão do juiz.

Mesmo abatido, o River Plate empatou o jogo aos 28min, quando Falcao chutou e Max falhou no lance. Na base do sufoco, o time argentino virou o placar aos 34min, com Rios, aproveitando cruzamento da direita.

Depois que até o goleiro Carizzo foi para a área, Ortega cruzou na área do Botafogo, aos 46min, a defesa do time carioca parou na jogada e Falcao, de cabeça, decretou a vitória e a classificação do River Plate.

Ficha Técnica
River Plate 4 x 2 Botafogo
Equipes
Carizzo
Nicolas Sánchez
Villagra
(Abelairas)
Ferrari
(Domingo)
Ahumada
Belluschi
Ortega
Lussenhoff
Falcao
Rios
Fernández



Técnico:
Daniel Passarella
Max
Renato Silva
Juninho
Alex
Joílson
(Alessandro)
Túlio
Leandro Guerreiro
Lucio Flavio
(Luciano Almeida)
Jorge Henrique
Zé Roberto
Dodô

(Reinaldo)

Técnico:
Cuca
Gols
31min - 1° tempo
Falcao
28min - 2° tempo
Falcao
33min - 2° tempo
Rios
46min - 2° tempo
Falcao
10min - 1° tempo
Lucio Flavio
20min - 2° tempo
Dodô
Cartões amarelos
Villagra
Fernández
Max
Renato Silva
Lucio Flavio
Cartões vermelhos
Lussenhoff
Ahumada
Zé Roberto
Local: Monumental de Nuñez, em Buenos Aires (ARG)
Árbitro: Carlos Amarilla (PAR)

Redação Terra