1 evento ao vivo

Felipão elogia dedicação tática do “perfeito” Neymar contra a Itália

21 mar 2013
21h04
atualizado às 21h30

O técnico Luiz Felipe Scolari elogia Neymar sempre que pode. Após o empate por 2 a 2 contra a Itália, nesta quinta-feira, Felipão estava ainda mais satisfeito com o atacante do Santos, que seguiu as suas orientações de marcação no amistoso disputado na cidade suíça de Genebra.

"Taticamente, foi uma das melhores partidas dele. O Neymar foi perfeito. Precisámos ter recomposição, dificultando a saída de bola do Pirlo, e ele fez perfeitamente o que pedi. É um jogador preocupado em jogar para a equipe, em ser útil para a Seleção Brasileira", disse Felipão.

Neymar, que também caiu menos em campo quando estava encarregado de atacar, minimizou a sua dedicação defensiva. "Já joguei assim com o Mano Menezes. O Felipão me deixa à vontade, e eu posso voltar para marcar o volante. Todo o mundo marca. Não tem essa. O futebol de hoje pede isso", conscientizou-se.Felipão lembrou que não apenas Mano Menezes já deslocou Neymar para uma função parecida à executada contra a Itália. "O nosso sistema de jogo de agora se assemelha muito ao que o Muricy emprega no Santos, colocando o Neymar como um segundo atacante", observou.

O elogiado Neymar só não ficou totalmente satisfeito porque o resultado diante da Itália não foi "perfeito". "Saímos com um gosto amargo pela derrota, pois estávamos vencendo por 2 a 0. Não podemos dar tantas chances para os adversários marcarem gols. São detalhes que precisam ser ajustados, mas a Seleção fez uma bela partida e está no caminho certo", avaliou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade