0

Pelé esquece rivalidade e sugere o Corinthians como base da Seleção

18 mar 2013
18h22
atualizado às 18h29

Carrasco do Corinthians quando jogador, Pelé não faz cerimônia para reconhecer o bom momento do clube do Parque São Jorge. Nesta segunda-feira, o ídolo do Santos chegou até a sugerir ao técnico Luiz Felipe Scolari que use o time dirigido por Tite como base da Seleção Brasileira.

"Honestamente, o Corinthians poderia servir de base para o Brasil. É uma equipe sem um craque, mas que joga bem e vence. Está provando ser um time forte. Isso poderia servir para a Seleção", discursou Pelé.

Para o tricampeão mundial pelo Brasil, convocar muitos jogadores de um mesmo clube pode ser a solução para Felipão acabar com o desentrosamento na Seleção Brasileira. Pelé lembrou que o treinador tem pouco tempo para moldar um time para a Copa das Confederações deste ano e para a Copa do Mundo de 2014.

"É só uma ideia, um exemplo para os mais jovens. Na minha época, também aconteceram vários problemas com os treinadores. Ao mesmo tempo, havia equipes jogando muito bem. Então, o João Saldanha (técnico substituído por Zagallo antes da Copa de 1970) falou que os dois melhores times do Brasil, Santos e Botafogo, seriam a base da Seleção. Depois, se precisasse de mais alguma coisa, você ia acrescentando", argumentou.Atualmente, Pelé acredita que um astro do Santos seria um dos "acréscimos" à sua base corintiana da Seleção Brasileira. "O Corinthians ficaria como o time base. É diferente do Neymar, uma peça única no Santos. Se você junta o Neymar em uma equipe que tem base, como a do Corinthians, dá certo", indicou o mesmo ex-jogador que tem criticado Neymar publicamente.

Pelé até aprovou a escolha de um atleta do Corinthians como companheiro de ataque de Neymar. "O Pato é um jogador experiente", disse. "Mas não é um homem só que vai fazer a equipe vencedora. É o conjunto", enfatizou o ídolo santista.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade