PUBLICIDADE
Logo do

Vasco

Meu time

Dinamite rebate Romário e aconselha que não vá a São Januário

8 dez 2012 14h52
| atualizado às 15h58
ver comentários
Publicidade

Na noite da sexta-feira, Romário, em sua conta no Twitter, criticou o Vasco, citando o presidente Roberto Dinamite e técnico da base, Sorato. O motivo é a dispensa de Romarinho, filho do ex-atleta, que atuava nos juniores. Na mesma noite, um pouco mais tarde, o presidente cruz-maltino respondeu as palavras do ex-centroavante, em sua conta no Facebook.

Saída de Romarinho do Vasco promoveu ataque de Romário contra o Vasco
Saída de Romarinho do Vasco promoveu ataque de Romário contra o Vasco
Foto: Getty Images

"Fiquei surpreso ao ver a reação intempestiva do Romário, jogador com o qual tive o privilégio de jogar e orgulho por auxiliar no início de sua carreira vitoriosa. Assim como ele, fui jogador de futebol e fiz história no Vasco da Gama, sendo assim, compreendo sua preocupação com o clube", disse Dinamite.

"Talvez o primeiro ano de mandato do Deputado Romário o tenha feito agir de maneira deslumbrada. Apenas acatei um pedido que ele fez ao nosso coordenador das categorias de base, Mauro Galvão, quando solicitou a liberação do filho para o Brasiliense, a fim de ganhar novas experiências e oportunidades", completou.

Romário e Vasco travam uma batalha na justiça. O clube, que deve ao deputado, recentemente conseguiu reduzir a penhora obtida pelo atual deputado federal sobre alguns direitos econômicos para 5%. Além disso, o time de São Januário quer que o ex-jogador apresente os documentos que comprovam a dívida (no valor de R$ 58 milhões). Se isso não acontecer, o departamento jurídico cruz-maltino entrará com uma ação cobrando o dobro do que considera ter pago indevidamente, cerca de R$ 16 milhões.

Posteriormente, Dinamite foi perguntado sobre a repercussão do caso e a forma como torcedores do Vasco ficaram irritados com Romário. Houve nas redes sociais até mesmo o pedido pela retirada da estátua do ex-jogador em São Januário.

"Vou pensar com relação a isso. O clube está acima de qualquer coisa. Não sou eu quem decide sobre isso, o Vasco tem que ser respeitado, é maior que Roberto, que Romário, que qualquer um outro jogador. Vamos ver o que vai acontecer, se a estátua vai continuar lá ou não, quando tivermos uma decisão vocês ficarão sabendo", disse Roberto à Rádio Globo.

"Acho que não seria legal o Romário aparecer em São Januário. Ele não será bem-vindo", afirmou.

Baixe gratuitamente o aplicativo Sigo meu Time e acompanhe seu time do coração

Fonte: Lancepress! Lancepress!
Publicidade
Publicidade