0

Técnico argentino pede demissão do Santa Fé após queda na Libertadores

30 mai 2015
12h38
  • separator
  • comentários

Eliminado pelo Inter na Taça Libertadores, o Independiente Santa Fé ficou neste sábado sem o técnico argentino Gustavo Costas, que pediu demissão menos seis meses após fazer história como primeiro sul-americano a ser campeão em quatro países diferentes.

O adeus do comandante foi anunciado pela própria equipe de Bogotá, em perfil oficial no Twitter, em mensagem que precedeu a divulgação de que o uruguaio Gerardo Pelusso, ex-seleção do Paraguai, será o sucessor.

"Nossos agradecimentos por seu trabalho neste ano e sucesso em seus novos projetos", afirmou o Santa Fé.

Na edição 2015 do Torneio Apertura do Campeonato Colombiano, o clube de Bogotá ficou apenas na nona colocação, sendo eliminado na fase inicial. Na Libertadores, a queda aconteceu nas quartas de final, depois de vitória sobre o Inter por 1 a 0, em casa, e derrota por 2 a 0, fora.

Gustavo Costas venceu o Torneio Finalización do Campeonato Colombiano em dezembro do ano passado. Antes, já havia sido campeão nacional com Alianza Lima, em 2003, Cerro Porteño, em 2005, e Barcelona de Guayaquil, em 2012.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade